quinta-feira, 31 de maio de 2018

Encontros em Tomar

Tomar já foi palco de alguns encontros postcrossing. O mais recente foi em Abril, onde eu não estive mas onde o Rui se lembrou de mim e me enviou o 1º postal também assinado pelo Zé, pela Paula, pela Edite e pela Vitória. 
A minha última vez em Tomar foi o ano passado em Outubro mas em Agosto de 2010 já lá tinha estado com a Susana e foi nessa altura que visitei o Convento de Cristo pela primeira vez. Adorei nessa primeira vez e voltei a adorar à segunda vez. 

Fotografia: Oswaldo Santos
"O Convento de Cristo, em Tomar, pertenceu à Ordem dos Templários. Fundado em 1162 pelo Grão-Mestre dos Templários, dom Gualdim Pais o Convento de Cristo ainda conserva recordações desses monges cavaleiros e dos herdeiros do seu cargo, a Ordem de Cristo, os quais fizeram deste edifício a sua sede.
Sob Infante D. Henrique o Navegador, Mestre da ordem desde 1418, foram construídos claustros entre a Charola e a fortaleza dos Templários, mas as maiores modificações verificam-se no reinado de D. João III (1521-1557).
Arquitectos como João de Castilho e Diogo de Arruda procuraram exprimir o poder da Ordem construindo a igreja e os claustros com ricos floreados manuelinos que atingiram o máximo esplendor na janela da fachada ocidental.

Trata-se de uma construção periurbana, implantada no alto de uma elevação sobranceira à planície onde se estende a cidade. Está circundado pelas muralhas do Castelo de Tomar e pela mata da cerca.
Actualmente é um espaço cultural, turístico e ainda devocional. A arquitectura partilha traços românicos, góticos, manuelinos, maneiristas e barrocos. - in: http://www.guiadacidade.pt/portugal/poi/13760/14/convento-de-cristo-em-tomar
Está classificado pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade desde 1983.

Sem comentários: