sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Sukhothai - Tailândia

Sukhothai foi um reino do centro-norte da Tailândia fundado no século XIII. Este é um dos locais Unesco da Tailândia e está inscrito na lista do Património Mundial desde 1991.

Foto: Jatuporn Rutnin

Wat Mahathat era o centro espíritual de Sukhothai. Foi fundado pelo primeiro rei e foi sofrendo alterações ao longo do tempo.

Com uma flor de lótus nas mãos, um jovem monge reza junto da imagem do Buda Phra Atchana em Wat Sri Chum. Esta é a maior imagem de Buda em Sukhothai. Feito de tijolos e estuques, o Buda mede 11 metros de largura e quase 15 de altura.

Phimai - Tailândia

A última troca do ano com o Emerich foi em grande. Desta vez trocámos 20 postais. Eu propus a troca e ele sugeriu a quantidade de postais. Propus a troca porque queria alguns postais dele para fazer outra troca com a Lídia. Assim, 3 dos postais que recebi dele, foram hoje enviados para a Lídia.
Dos 17 postais com que fiquei, 5 são da Tailândia e são lindos. Vão ver que são mesmo.


Foto: Jatuporn Rutnin

Phimai é um parque histórico que protege um templos mais importantes do Império Khmer.

A maioria dos edifícios datam dos séculos XI e XII. Apesar de nessa época o império ser Hindú, os templos foram construídos em estilo budista.

Este local está na Lista de Tentativas da Unesco.

Hiraizumi - Japão

Este postal foi o último postal de um local Unesco deste ano. Trata-se de um local japonês, Hiraizumi - templos, jardins e sítios arqueológicos do Budismo da Terra Pura. Este postal enviado pelo(a) Kenji, mostra um jardim de flores de lotus no Templo Chusonji.

Este local possui vestígios de edifícios governamentais que datam dos séculos XI e XII, quando Hiraizumi era o centro administrativo do reino do norte do Japão. O reino foi baseado na cosmologia da Terra Pura, que se espalhou pelo Japão no século VIII. Representava a terra pura de Buda que as pessoas aspiram após a morte, bem como a paz de espírito nesta vida. Em conjunto com a adoração da natureza indígena japonesa e o xintoísmo, o budismo da Terra Pura desenvolveu um conceito de planeamento e design de jardins únicos do Japão.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

JP-220783

Com o frio que está era capaz de saber bem uma banhoca numas águas termais. Estas aqui estão um bocado longe, na província de Gunma no Japão.

JP-220783, enviado por "kinta".
Província de Gunma localiza-se no canto nordeste da região de Kanto, na ilha de Honshu.
Gunma é famosa pelas suas fontes de águas termais, chamadas localmente por onsen.

Hvar - Croácia

Há precisamente 5 anos estava na estrada a caminho da Croácia. Foram quase 2 dias num autocarro mas valeu a pena. A cada postal que recebo de lá, tenho mais vontade de lá voltar. Este de Hvar, foi enviado pela Natasa.

Hvar é uma cidade situada numa baía na costa sul na ilha de Hvar.
No postal pode ver-se a Igreja de St. Estevão, cuja construção se realizou por fases durante os séculos XVI e XVII.

Favoritos da Eslovénia

Há dias voltei a receber postais da Eslovénia e tal como os últimos, estes também fravoritos e foram enviados pelo Leonardo.

Foto: © Janez Skok

Neste postal temos casas típicas no Vale Zadnja Trenta.


Škofja Loka é uma cidade com mais de 1000 anos e é considerada a mais bem preservada cidade medieval da Eslovénia.
O castelo que aqui vemos foi construído antes de 1200. Hoje em dia alberga o museu da cidade.
A torre que se vê pertence à Igreja da Anunciação de Maria.

LV-52641

Só mais um postal antes de ir lanchar. Este é o meu 2º oficial da Letónia e mostra o brasão e bandeira do país e ainda o Monumento da Liberdade em Riga.

LV-52641, enviado pela Oksana.

O Monumento da Liberdade é um memorial em honra dos soldados mortos durante a Guerra da Independência da Letónia. O povo letão considera-o um importante símbolo da liberdade, da independência e da soberania do país. Foi inaugurado em 1935 e tem 42 metros de altura. No topo encongtra-se a figura da Liberdade levantando três estrelas douradas.

As esculturas e baixos-relevos do monumento, organizados em treze grupos, retratam a cultura e a história da Letónia.

Durante a Segunda Guerra Mundial, a Letónia foi anexada pela União das Repúblicas Socialistas Soviéticas e foi considerada a demolição do Monumento da Liberdade, mas tal acto não foi realizado. Propagandas políticas foram utilizadas para alterar o significado simbólico do monumento, de acordo com ideologia soviética. No entanto, manteve-se um símbolo da independência nacional para o público em geral e, em 14 de junho de 1987, cerca de cinco mil pessoas reuniram-se ali para honrar a memória das vítimas do regime soviético e colocar flores. Este comício deu início ao movimento da independência nacional, e três anos depois a independência da Letónia foi restabelecida.

Saltaire - Inglaterra

Nas últimas duas segundas feiras têm chegado postais Unesco mas hoje nem Unesco nem nenhum outro. Não chegou correio nenhum :(

Há dias chegou este de Saltaire, um dos locais Unesco da Inglaterra. Foi enviado pela Eileen "gran7".

Heritage cards & Souvenir Ltd.

Saltaire é uma aldeia industrial no condado de Yorkshire. Foi fundada na segunda metade do século XIX por Sir Titus Salt, um industrial, líder na indústria da lã em Yorkshire. As suas fábricas textéis, edifícios públicos e casas dos trabalhadores, destacam-se pelos seu estilo harmonioso e grande qualidade arquitectónica. O seu traçado urbanístico permanece intacto e oferece una imagem vívida da aplicação das ideias do paternalismo filantrópico da época victoriana.

Foi declarada Património da Humanidade em 2001.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Luzern - Suiça

Para último post antes do Natal, aqui fica um postal de Luzern enviado pela Paula. Esta foi a 2ª vez que a Paula foi a Luzern e espero poder acompanhá-la se ela lá for uma 3ª vez. Fiquei mesmo com vontade de lá voltar e se possível num dia de bom tempo... foi o que falhou quando lá estive.

© Photoglob Zurich


No postal está a Kapellbrücke, a mais famosa ponte da cidade.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

FR-177292

Acabaram-se, por agora, os postais portugueses. Agora fica aqui um postal personalizado que recebi há dias de França.

Collection Popcarte ©

FR-177292, enviado pela Agathe.

Não se trata de um postal, postal mas nem por isso é menos interessante. Realmente é giro ver o meu nome nos céus de Paris.

O postal foi feito e impresso através do site http://www.popcarte.com/

PT x World - Grupo 17 * PT x PT

Este é o 2º RR do Miguel, antes organizado pela Ninocas. Neste RR são criados 2 sub grupos, um com elementes de Portugal e outro de outro país. Neste grupo em particular, ambos os grupos eram com elementos portugueses.

Guia Turístico do Norte

Há muitos, muitos anos fui a Barcelos mas apenas me lembro da feira. Ando há tempos a dizer que quero lá ir mas ainda não se proporcionou. Sabendo disso, o Miguel enviou-me este postal com a ponte medieval e o Paço dos Condes de Barcelos.

A ponte sobre o Rio Cávado, foi construída entre 1325 e 1328 por ordem de Pedro Afonso 3º Conde de Barcelos. Esta ponte foi sempre um importante local de passagem para os peregrinos do Caminho de Santiago e para o centro de trocas comerciais que se realizam em Barcelos desde a Alta Idade Média.

O Paço dos Condes de Barcelos trata-se de uma construção perto da margem direita do Cávado, um castelo apalaçado gótico, mandado construir nos inícios do século XV pelo oitavo Conde de Barcelos e primeiro Duque de Bragança. Danificado com o terramoto de 1755, ruiu em 1800. Subsistiram algumas paredes e uma alta chaminé tubular. Neste espaço funciona actualmente o Museu Arqueológico de Barcelos.

Acho que é a 1ª vez, desde que entrei no postcrossing, que receço um postal de Sines. No entanto não é o meu 1º postal de lá, aliás, foi justamente com alguns postais de Sines que comecei a minha colecção há uns anos atrás. Tive um vizinha que era de lá e que fazia colecção de postais. Comecei a minha com os postais repetidos dela.
Neste postal podem ver-se o castelo da cidade e a Igreja Matriz de São Salvador.
O castelo de Sines foi construído em 1424, no reinado de D. João I. A construção desta fortificação teve como objectivo a defesa da costa contra a pirataria, que assolava esta e outras zonas da costa portuguesa.

Um dos alcaides deste castelo foi, Estêvão da Gama, pai do navegador, Vasco da Gama, pelo que se julga que o descobridor do caminho marítimo para a Índia, aqui terá nascido em 1469.

Na Torre de Menagem funciona o Museu de História Natural de Sines.
Foi na Igreja Matriz de São Salvador (ou melhor, na construção primitiva do edifício) que, aos 11 ou 12 anos, com três dos seus irmãos, Vasco da Gama recebe a prima tonsura e se torna membro da Ordem de Santiago. No século XVIII, a igreja medieval, já demasiado pequena para a quantidade de crentes que queriam assistir à missa, teve de ser profundamente remodelada, ganhando o aspecto actual, típico do barroco joanino. - in: http://www.sines.pt/PT/Visitar/monumentos/Paginas/default.aspx

Foto: A. D. N. Costa. © 2002 - Ed. 19 de Abril



Este postal foi enviado pelo 2º Miguel deste grupo, o "maique", novo no forum. O postal mostra a Ponte 25 de Abril e o Aqueduto das Águas Livres em Lisboa e é um postal repetido, já o tinha recebido há uns tempos, enviado pela Ninocas.

PT RR - Grupo 68 * Eu desejo

Ultimamente têm chegado muitos postais de Portugal e isso em muito se deve ao RR do Miguel na comunidade em PT do forum PC. ESte grupo ficou completo esta semana com a chegada do postal de Castelo de Vide, enviado pela Leninha. O do fado foi enviado pela Gracinha e o da Irlanda pelo Brian.


© 2005 - Ed. 19 de Abril

Como é do conhecimento público, o nosso Fado, foi recentemente classificado pela Unesco como Património Oral e Imaterial da Humanidade. Esta distinção visa a proteção e o reconhecimento do património cultural imaterial, como por exemplo os saberes, os modos de fazer, as formas de expressão, celebrações, as festas e danças populares, lendas, músicas, costumes e outras tradições.

Âncora


Aqui temos a entrada e a torre do castelo de Castelo de Vide.

Foto: Liam Blake


O Brian é da Irlanda mas quis participar neste RR, até escreveu português. Enviou-me este postal do Castelo de Malahide, uma localidade não muito longe de Dublin. A propriedade teve início em 1185, quando Richard Talbot, um cavaleiro que acompanhou Henrique II à Irlanda em 1174, foi beneficiado com as "terras e porto de Malahide". As partes mais velhas do castelo datam do século XII, quando serviu de residência à família Talbot durante 791 anos, de 1185 até 1976, sendo a única excepção o período de 1649-1660. O edifício foi notavelmente ampliado durante o reino de Eduardo IV, e as torres foram adicionadas em 1765. - in: wikipédia

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

III Encontro de Natal

Estava a ver que este postal nunca mais chegava. Enviei-o para mim em Coimbra no passado sábado dia 10, dia do encontro de Natal, e só chegou ontem.

Forways, Lda.

O encontro de Natal Postcrossing deste ano foi em Coimbra e meteu água, muita água. Não porque tenha corrido mal mas porque choveu a cântaros. Foi o nosso 1º encontro com chuva.
Felizmente no restaurante não chovia e foi lá que assinámos os postais. Para além de mim, este postal foi assinado pela Ninocas e pelo Dudu, pela Susana e pelo Diogo, pela Leninha e pelo Francisco, pela Paula, pela Flora, pela Cristina e pelo Miguel.

Jogo da Forca

Mais dois postais resultantes do jogo da forca. O 1º foi enviado pelo Zé "pilotone" e o 2º pela Leninha.

© António Cunha

Este é o interior de um moinho de água do Guadiana, parte do Museu da Luz.
Com a construção da Barragem do Alqueva, a antiga aldeia da Luz ficou submersa e foi construída uma nova aldeia. Foi na nova aldeia da Luz que o Museu da Lz foi construído.

Louca Paixão


A Leninha enviou uma aguarela de Lisboa com alguns dos aspectos mais conhecidos da cidade, a Ponte 25 de Abril, o Cristo-Rei e um eléctrico amarelo algures num bairro típico.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Vila Praia de Âncora

Acho que ainda não tinha colocado aqui nenhum postal de Vila Praia de Âncora. Ficam aqui dois, o 1º enviado pelo Miguel como prenda de aniversário, e o 2º comprado por mim há uns meses no Porto.

Forways, LDA

Vila Praia de Âncora é uma freguesia portuguesa do concelho de Caminha. Muito marcada pela presença de pescadores, ali não faltam barcos tipicos e toda a azafama em dias de faina.

O Forte de Âncora, também referido como Forte da Lagarteira situa-se numa elevação rochosa na margem direita da foz do rio Âncora. Embora alguns autores acreditem que a moderna fortificação do local remonte à época da Guerra da Restauração (1640-1668), é mais correto atribuí-la ao reinado de Pedro II de Portugal (1667-1705), que fez reforçar as defesas da linha fronteiriça do rio Minho e da costa oceânica ao sul da sua foz. Encontra-se classificado como Imóvel de Interesse Público. - in: wikipédia

Castelo de Belver

Portugal tem imensos castelos e dá um trabalhão conseguir postais deles todos, por isso fico contente quando recebo postais dos que ainda não tenho, como era o caso do castelo de Belver. Foi a Susana que mo enviou como prenda de aniversário. Gostei imenso.

Foto: Antero L. Santos

O castelo de Belver, foi construído no reinado de D. Sancho I, sob a orientação da Ordem dos Hospitalários, a quem o rei doou esta região, em 1194.

Este castelo estava inserido na linha defensiva do Tejo contra as investidas muçulmanas, desempenhando um papel importante neste contexto, mas também nas guerras da crise da sucessão, em 1383, a sua colocação estratégica foi relevante.


Depois desta guerra e da Guerra das Restauração da Independência, depois de 1640, há indicações de que as defesas do castelo foram reforçadas.


A importância e segurança do castelo parece ter levado o rei D. Sancho II a guardar nele os dinheiros do tesouro real e também terá servido como prisão para o poeta, Luís Vaz de Camões, durante a sua juventude.


O terramoto de 1755, provocou-lhe muitos danos, agravados pelo abandono nas décadas seguintes, voltando a sofrer mais destruição no terramoto de 1909.


Classificado como Monumento Nacional, em 1910, na década de 40, beneficiou de obras de reconstrução, da responsabilidade da Direcção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais e já em 2005 o IPPAR procedeu a obras de conservação e restauro.


Em bom estado de conservação, o castelo tem planta de formato oval, com a Torre de Menagem ao centro e uma capela renascentista, as muralhas são reforçadas por dois torreões. - in: http://www.guiadacidade.pt/pt/poi-castelo-de-belver-13993

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

PT RR - Grupo 61 * Eu Desejo

Mais postais do RR anterior, estes do grupo 61. Os meus desejos eram igrejas, castelos ou palácios e curiosamente recebi 3 construções religiosas, uma basílica, um convento e uma catedral. O postal da Basílica da estrela foi enviado pela Gracinha, o do Convento do Carmo pela Rita e a Catedral Metropolina de Londrina pela Karina.


Catimar


A Basílica da Estrela localiza-se na cidade de Lisboa, em Portugal. Esta vasta igreja, encimada por uma cúpula, ergue-se no alto de uma colina na zona oeste da cidade, constituindo-se em um de seus marcos.
Na segunda metade do século XVIII, D. Maria I, filha de D. José I, fez voto de que construiria uma igreja se tivesse um filho para herdar o trono. O seu desejo foi satisfeito e a construção do templo foi iniciada em 1779. Infelizmente, entretanto, o menino, batizado como José, veio a falecer vítima de varíola, dois anos antes do término da construção, em 1790. projeto ficou a cargo de arquitectos da Escola de Mafra.
O templo apresenta características do estilo barroco final e do neoclássico. A fachada é ladeada por duas torres gémeas e decorada com estátuas de santos e figuras alegóricas.

O túmulo estilo império, de D. Maria I, que faleceu no Brasil, está no transepto direito. D. Maria I é a única monarca portuguesa da dinastia de Bragança (excepção feita a D. Pedro, imperador do Brasil, que se encontra em São Paulo) que não se encontra no Panteão dos Braganças mas sim na Basílica da Estrela que ela mesma mandou erguer. - in: wikipédia

Foto: Gustav A. Wittich



O Convento da Ordem do Carmo de Lisboa localiza-se no Largo do Carmo e ergue-se, sobranceiro ao Rossio (Praça de D. Pedro IV), na colina fronteira à do Castelo de São Jorge, na cidade e Distrito de Lisboa, em Portugal.


O conjunto, que já foi a principal igreja gótica da capital, e que pela sua grandeza e monumentalidade concorria com a própria Sé de Lisboa, ficou em ruínas devido ao terramoto de 1755, não tendo sido reconstruído. Constitui-se em um dos principais testemunhos da catástrofe ainda visíveis na cidade. Actualmente as ruínas abrigam o Museu Arqueológico do Carmo.


É possível que a ruína do Convento do Carmo e do vizinho Convento da Trindade, aquando daquele terramoto, esteja na origem da expressão popular "Cair o Carmo e a Trindade".


O Convento do Carmo foi fundado por D. Nuno Álvares Pereira em 1389. - in: wikipédia

Foto: Daniel Martinon


A Catedral Metropolitana de Londrina fica na região central de Londrina, município do norte do Paraná.
Construída em madeira, no ponto mais alto das terras destinadas a abrigar a cidade de Londrina, a primeira igreja da cidade foi edificada tendo como base os desenhos do engenheiro Wilie Davids, tendo a mesma sido inaugurada em 19 de Agosto de 1934. Em 1937, foi elaborado um projecto em estilo neogótico pelo engenheiro Fristch. Em 1938 teve início a construção com o lançamento da pedra fundamental, e em 1941 terminou, sendo que o último acréscimo foi feito em 1951 com a colocação do relógio da torre. Em 1953, devido à necessidade de ampliá-la foi encomendado um anteprojecto ao engenheiro alemão Freckmann. A nova igreja teve as obras iniciadas em 1954. Em 1962 as obras foram paralisadas por questões financeiras. Fram retomadas apenas em 1966 através de um novo projecto dos arquitectos Eduardo Rosso e Yoshimasi Kimati. Foi inaugurada em 17 de Dezembro de 1972. Em fevereiro de 1967, A Catedral de Londrina foi elevada a categoria de Diocese, tendo como seu primeiro Bispo Dom Geraldo Fernandes. Em novembro de 1970 foi elevada a arquidiocese. A fachada da Catedral ainda é marcante e muito utilizada como referência ao centro. - in: wikipédia

PT RR - Grupo 58 * Igrejas

Há dias chegou um postal do Brasil e assim ficou completo este grupo 68 do RR na comunidade em português. Para além do postal da Igreja de São Francisco em Belo Horizonte, enviado pelo Luciano, chegou também o postal da Gisely com a Igreja Matriz de Nª Srª da Conceição em Carrancas e o postal da Sé de Aveiro enviado pela Vitória.

Foto: Dias dos Reis

A origem da Sé de Aveiro remonta ao séc. XV. Era, à altura, a igreja do Convento de S. Domingos, fundado em 1423 pelo Infante D. Pedro e do qual apenas restou uma parede de pedra talhada onde se anicha uma Virgem gótica. O seu pórtico barroco data de 1719.

Foto: Sérgio Ricardo de Freitas
A Igreja São Francisco de Assis em Belo Horizonte, Minas Gerais, foi inaugurada em 1943. O projecto arquitectónico é de Oscar Niemeyer.
Foto: Sérgio Mourão
A Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição das Carrancas, também em Minas Gerais, foi construída na primeira metade do século XVIII, com blocos de quartzito que chegam a pesar até uma tonelada.