segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Gibraltar

Este postal foi uma surpresa. Não estava à espera de nenhum postal de Gibraltar e por isso achei estranho quando o vi. Já não achei tão estranho quando vi quem o enviou, a Joaninha. Aquela rapariga ainda é pior do que eu, anda sempre de um aldo para o outro e desta vez foi até Gibraltar e ainda deu um pulo até Marrocos!! Fez ela muito bem :D Joaninha, podes continuar a enviar postais das tuas aventuras.



Copyright & Distributors Estoril LTD
Se não me engano, este é o meu 3º postal de lá.
Apesar de Espanha estar ali ao lado, Gibraltar é um território britânico e até as cabines telefónicas fazem o favor de realçar esse facto.

Um dos locais mais visitados de Gibraltar é a Ponta de Europa, um miradouro onde se pode ver onde Espanha acaba e África começa. As imagens captadas desde o miradouro são impressionantes devido à vista do mar aberto com as 2 zonas costeiras: uma espanhola e a outra africana.

Volubilis - Marrocos

Nos últimos dias não têm chegado postais Unesco. Estou à espera de 4 mas estou com sérias dúvidas em relação a 2 deles :( Pode ser que esteja enganada e que cheguem de facto à minha caixa de correio.

Há alguns dias recebi este de Volubilis, Marrocos mas enviado da Croácia pela Agata "ddonkey".

Volubilis são as ruínas de uma cidade romana perto de Meknès, em Marrocos. Foi declarada Património Mundial da UNESCO em 1997, para proteger suas estruturas incríveis - algumas das mais bem preservados no Norte da África - e, especialmente, seus mosaicos.

Maroc Infini

Volubilis era uma importante cidade romana localizada perto da fronteira oeste do Império Romano. Foi construída no sítio de uma antiga povoação cartaginesa do século III.

Os romanos evacuaram a maior parte de Marrocos no século III, mas Volubilis não foi abandonada.

Em 631 Volubilis é tomada pelos árabes. Em 808, após a fundação de Fez, Volubilis perde importância, declinando definitivamente no século XVIII, quando o sultão Muley Ismail mandou desmantelar a cidade para aproveitar os seus materiais para a construção de edifícios em Meknes.

As escavações começaram em 1915 e dos 20ha ocupados, apenas metade foi ainda escavada. Os monumentos mais importantes são o forum, uma basílica do século II, que se vê no postal, o templo de Júpiter e o Arco do Triunfo.

Os mosaicos dramáticos são o destaque de qualquer visita: estes representam uma série de personagens mitológicos e eventos, desde os amantes Bacchus e Ariadne, e os trabalhos de Hércules. Os motivos deste mosaicos são muitas vezes utilizados nps tapetes berberes.

sábado, 28 de janeiro de 2012

Sidi Bou Said - Tunísia

Este é outro dos postais que recebi da Déa. Também é de África, neste caso Tunísia e é o meu segundo postal desta cidade, Sidi Bou Said.

Sidi Bou Said é uma pequena vila a cerca de 17Km de Tunis, junto ao Mar Mediterrâneo. É conhecida pelas suas casas divinamente brancas com as suas portas e janelas em azul vivo e as bungavíleas que por elas trepam um pouco por todo o lado. Cafés e lojas de artesanato preenchem os espaços um pouco por todo o lado dando-lhe uma atmosfera simpática e envolvente. Um desses cafés é o Cfe des Nattes, que aqui se vê no postal, um café tipicamente arábe.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Ilha Marion - África do Sul

A semana passada recebi um envelope do Brasil enviado pela mana Déa. Enviou-me 1 postal da Tunísia, 1 do Brasil e este da África do Sul.

Foto: Michael Kracke

A Ilha Marion é uma das duas ilhas que fazem parte do grupo das Ilhas do Príncipe Eduardo, localizadas na parte sub-antártica do oceano Índico.

Estas ilhas foram declaradas como Reservas Naturais Especiais pelo departamento de Gestão Ambiental da África do Sul e por isso as actividades nas ilhas, são restritas à pesquisa e à gestão da conservação. Os únicos humanos que vivem na ilhas são o pessoal de uma estação meteorológica e biológica na ilha Marion.

domingo, 22 de janeiro de 2012

ZA-20690

Mais um postal de um país de onde não é habitual receber oficiais. Se bem me lembro, este é apenas o meu 2º oficial com ID da África do Sul. O 1º tinha ID da África do Sul mas o postal era da Namíbia.

The Photo Workshop

ZA-20690, enviado pela Stel.

O Passe Swartberg atravessa as Montanhas Swartberg, localizadas na ponta norte de uma área chamada Klein Karoo, na província do Cabo Ocidental.

Este local é famoso pelas suas formações geológicas.
O passe foi construído usado o trabalho de prisioneiros e foi inaugurado em 1888.

NZ-62159

Há muito tempo que não recebia postais da Nova Zelândia, aliás, tenho poucos postais de lá, talvez uns 10.

Este oficial mostra uma paisagem com o Monte Cook como pano de fundo. As flores roxinhas que se vêem são tremoceiros que apesar de muito bonitas são uma praga, porque se apoderam das áeras onde as plantas nativas crescem.

Kiwi Vista Company Limited

NZ-62159, enviado pela Annie.

O Monte Cook/Aoraki, nos Alpes do Sul no centro da Ilha Sul, é a maior montanha da Nova Zelândia. Um destino popular entre turistas, é também um destino favorito para os montanhistas aventureiros. A Glaciar Tasmânia e a Glaciar Hooker fluem nas suas encostas.

A montanha está localizada nos limites do Parque Nacional Monte Cook/Aoraki. O parque foi criado em 1953 e é, juntamente com o Parque Nacional West, Património Mundial.

O parque possui mais de 140 picos que ultrapassam 2 000 m. 72 glaciares cobrem cerca de 40% dos 700 km² do parque. - in: wikipédia

PT RR - Grupo 66 * Igrejas

Mais postais de um RR, este da comunidade em português, e com postais de igrejas de Portugal e do Brasil.

Gráfica Bastos Lda

Mais uma vez a Vitória enviou-me um postal inédito na minha colecção. Ainda não tinha postais da Ermida da Srª do Castelo e não tinha qualquer postal de Mangualde.

"No começo do séc. XV foi levantada uma capelinha dedicada a Santa Maria do Castelo num terraço não longe do cimo do monte em lembrança da batalha travada em Trancoso entre soldados de Portugal e de Castela.
Mais tarde outra capela se ergueu, substituindo a primeira. E esta capela se manteve até 1832, data da entronização da imagem da Senhora do Castelo no templo que ainda hoje se ergue no aplainado cume da colina, mandado levantar pela piedade de Miguel Pais de Sá Menezes.
A capela é uma construção de linhas esbeltas mas simples onde ressalta a singularidade da altíssima torre elevada a prumo sobre a fachada. O interior do templo luminoso mostra uma elegante capela-mor cujo retábulo de sabor neoclássico se levanta sobre altos degraus." - in
: http://www.cmmangualde.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=212&Itemid=235

Foto: Fernando Guerra



É claro que já tinha um postal, ou melhor, os postais da Basílica de Fátima, mas ainda não tinha esta vista. O postal foi enviado pela Gracinha.

A Basílica de Nossa Senhora do Rosário está localizada no Santuário de Fátima.

A Basílica do Rosário começou a ser construída em 1928, em estilo neo-barroco, segundo um projecto do arquitecto Gerard Van Kriecken. Ergue-se no local onde os Pastorinhos brincavam a fazer uma pequena parede de pedras quando viram o clarão que os fez pensar ser uma trovoada, em 13 de Maio de 1917. A primeira pedra foi benzida pelo Arcebispo de Évora, D.Manuel da Conceição Santos, em 1928, tendo a sagração ocorrido em 7 de Outubro de 1953. Em 1954 foi-lhe concedido o título de Basílica Menor, pelo Papa Pio XII.

O edifício, que mede 70,5 metros de comprimento e 37 de largura, foi construído totalmente com pedra da região (lugar do Moimento) e os altares são de mármore de Estremoz, de Pero Pinheiro e de Fátima.

A torre sineira tem 65 m de altura, sendo rematada por uma coroa de bronze de 7000 kg, construída na fundição do Bolhão, Porto, encimada por uma cruz, iluminada durante a noite. - in: wikipédia

Dos 3 últimos postais que recebi do Brasil, 2 eram de Ouro Preto. Este aqui foi enviado pela Gisely e mostra o interior da Igreja Matriz de Nª Srª do Pilar.
Esta é considerada a mais rica e requintada igreja de Minas Gerais. Foi construída entre 1711 - 1733 e no seu interior foram utilizados mais de 400 quilos de ouro e de prata em pó para ornamentar as talhas da nave e da capela-mor. Por toda a obra estão espalhadas centenas de esculturas de anjos. Na sacristia da igreja funciona o Museu de Arte Sacra, repleto de peças do século 18.

sábado, 21 de janeiro de 2012

PT x Outros Países - Grupo Especial 11

Os outros países deste grupo espcial dedicado aos castelos foram a Irlanda, a Polónia e o Japão.


Foto: Willie Rooney

Este é mais um castelo irlandês enviado pelo Brian "fisherman". O Castelo e Centro Cultural de Dalkey situa-se a uma hora de Dublin. Para além da torre do século XIV, o Centro Cultural engloba uma igreja e um cemitério do século X, um museu e uma galeria.

Foto: W. Pawluczuk


Confirmo, vou mesmo à Polónia em Março :D Faltam 53 dias!!

Este postal foi enviado pelo Ryszard e pela Marlena "rs100". O castelo situa-se em Balków, uma vila na Baixa Silésia, no sul da Polónia.

Foi construído no século XIII. Foi danificado durante a Guerra dos Trinta Anos (1618–1648) e em 1703 tornou-se propriedade da Abadia de Grüssau. Os trabalhos de recuperação começaram apenas em 1905.

Desde 1994 realiza-se neste castelo um festival de rock gótico.

Por último e do Japão, o castelo de Nagoya enviado pelo Kenji.

O Castelo de Nagoya localiza-se em Nagoya, na Província de Aichi, no Japão.
A sua estrutura primitiva foi erguida por Shiba Yoshimune, por volta de 1525. Foi conquistado por Oda Nobuhide a Imagawa Ujitoyo em 1532, porém abandonado posteriormente.

Em 1610 Tokugawa Ieyasu ordenou aos diversos daimio que o auxiliassem na construção de um novo castelo no local. Essa nova estrutura foi concluída em 1612.

Sobre a cúpula do castelo encontram-se os dois delfins dourados (kinshachi, em japonês), que se afirma serem um símbolo da autoridade do senhor feudal.

Durante a Segunda Guerra Mundial o castelo foi completamente destruído por um incêndio, perdendo-se a maioria de seus objetos de valor; contudo algumas pinturas sobreviveram e encontram-se preservadas até aos nossos dias.

Os trabalhos de reconstrução do castelo foram concluídos em 1959. - in: wikipédia

Cidade Antiga de Sigiriya - Sri Sanka

Que grande pedregulho! Mas este e é mais que um simples e grande pedregulho, é uma fortaleza, a Cidade Antiga de Sigiriya no Sri Lanka e que é Património Mundial da Humanidade desde 1982.
Sigiriya, antiga capital do Sri Lanka, foi construída durante o reinado do Rei Kassyapa (477-495 a.C.) sobre um rochedo de granito, elevando-se a uma altura de 370 metros e oferece-nos um magnífico exemplo de um centro de cidade da antiga Ásia, combinando com um avançado centro urbano do actual Sri Lanka.

A fortaleza foi originariamente construída na forma de um leão agachado, com a sua entrada sendo feita pela boca do leão. As patas gigantes são só o que restou da figura do leão mas o seu imponente perfil ainda se impõe em toda a estructura, com pedras enormes esculpidas e pintadas. - in: wikipédia
O postal foi enviado pela Lídia.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Castelo Kellie - Malásia

Não estava à espera que houvesse castelos na Malásia mas existe uma aproximação! O Abu disse que queria trocar comigo e eu escolhi este postal do Castelo Kellie. Este castelo foi mandado construir por William Kellie Smith que queria algo que o fizesse lembrar da Escócia.


A construção iniciou-se em 1915 mas foi interrompida em 1926 com a súbita morte de Kellie.


O governo de Perak tem feito esforços para resgatar o castelo da vegetação invasora. Para além de assombrado, diz-se que existem no castelo quartos e túneis secretos.

Ravensca - Roménia

Apesar de Ravensca se situar na Roménia, os habitantes desta aldeia falam checo.
Este é o último postal enviado pelo Emerich nesta última troca.


Foto: Ivo Fík Dokoupil

É uma das 6 aldeias do Banato romeno (uma região geográfica e histórica da Europa Central actualmente dividida entre três países: Roménia, Sérvia e Hungria) onde se fala checo. Graças ao seu isolamento, a língua não é muito influenciada nem pelo romeno nem pelo sérvio.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Třebíč - Rep. Checa

O que me custou ter um postal de Třebíč e agora já tenho uns quantos. Estes dois primeiros foram enviados pelo Emerich e o último pelo Emanuel "sapic12".

Foto: Ivan Rillich

Třebíč é um dos mais antigos e importantes centros da comunidade judaica. O pitoresco bairro judeu estava situado entre a cidade cristã e propriedades feudais, o que tornou impossível a expansão dos seus edifícios. Assim é fácil encontrar ruas e passagens muito estreitas.

Em toda a cidade foram construídas duas sinagogas, uma câmara municipal, um rabinado, uma escola, um hospital e um albergue e um cemitério já fora da cidade.

A comunidade judaica atingiu o máximo de população em 1835, quando os judeus eram um quarto da população da cidade. Durante o genocídio Nazi, 1939-1945, 280 pessoas foram enviadas para campos de concentração e apenas 10 sobreviveram.

O antigo bairro judeu de Třebíč é o mais bem presevado bairro judeu da Europa.

Foto: Ivan Rillich

A Basílica de São Procópio é uma igreja românico-gótica, construída entre 1240-1280.

A basílica, juntamente com o bairro judeu, faz parte da Lista do Património Mundial da Humanidade desde 2003.

Český Krumlov - Rep. Checa

Também existe um castelo em Český Krumlov mas não aparece neste postal. Tal como o anterior, também foi enviado pelo Emerich.

Foto: Jirí Suttner

Český Krumlov é uma pequena cidade na região da Boémia do Sul. É conhecida pela arquitectura e arte da parte antiga da cidade, bem como pelo seu castelo. É um dos locais Unesco da República Checa, estando na lista do Património Mundial desde 1992.

Ledeč nad Sázavou - Rep. Checa

Mais um castelo da Rep. Checa, resultante da última troca que fiz com o Emerich.

Foto: Ivan Rillich

Tal como castelo de Buchlov, também este data do século XIII. Situa-se na região de Havlickuv Brod, bem no centro do país.

Castelo Buchlov - Rep. Checa

Tenho andado com preguiça e não me tem apetecido fazer actualizações. Mas já se passaram uns dias e está na altura de voltar aos postais.

Este postal foi enviado pela Evelina, a quem eu enviei um postal oficial. Na mensagem de agradecimento disse que viu o meu blog e que gostava de me enviar um postal. Enviou mesmo e é bem bonito. Tenho alguns castelos da Rep. Checa mas ainda não tinha este.

Este castelo situa-se na região da Morávia. A sua construção começou no século XIII mas o trabalhos continuaram até ao século XVII.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Postais da Polónia

Nos últimos dias só penso e falo na Polónia, isto porque vai ser a minha próxima viagem. Isto é, ainda não marquei as férias mas espero consegui-las para a quinzena que quero. Não vou visitar nenhumas destas cidades, mas a ideia principal é passar por Varsóvia, Cracóvia e o ponto alto será Auschwitz.

Foto: Dariusz Krakowiak
Wroclaw é uma cidade no sudoeste da Polónia.
Este é um postal da Praça do Mercado com a Câmara Municipal, um edifício gótico do século XIV.

Foto: Dariusz Krakowiak

Do sudoeste para o nordeste da Polónia com um postal da cidade de Białystok, região da Podláquia, próxima da fronteira com a Bielorrússia. O postal mostra o Palácio Branicki, conhecido como "Versailles da Podláquia,". Foi mandado construir pelo Conde Jan Klemens Branicki, Grão-Hetman e protector das artes e das ciências, em 1726 e está localizado na parte central da cidade de Bialystok,
O palácio foi destruído pelos nazis na Segunda Guerra Mundial. Após a guerra foi reconstruído por uma questão de orgulho nacional. Actualmente, a Universidade de Medicina de Bialystok funciona no Palácio.

Foto: Dariusz Krakowia

Outro postal do noroeste da Polónia mas da região da Pomerânia Ocidental. Este último postal, mostra a Brama Młyńska, uma antiga porta da cidade de Stargard Szczeciński.

Favoritos da Alemanha

Pensei mesmo que não ía receber estes postais porque quem os enviou, a Sabine "bine", está com o nome um bocado manchado, no que diz respeito a envio de postais. Há várias pessoas à espera de receber postais dela, aliás, há tempos ficou de me enviar um outro favorito mas nunca o recebi. No entanto, foi só um e extravios acontecem. Tirando essa situação, nunca tive razões de queixa e já recebi vários postais dela antes destas trocas.

Foto: J. Knobloch

Helgoland é um pequeno arquipélago no Mar do Norte. Tem forma triangular e aproximadamente dois km's de comprimento. É composto por 2 ilhas, Hauptinsel e Düne. No noroeste da ilha encontra-se a famosa atracção da ilha, Lange Anna ou Ana Alta, uma rocha com 47 metros de altura e com cerca de 25,000 toneladas.

Foto: W. Kraatz

Erlangen é uma cidade no estado da Baviera. O postal mostra o Castelo de Erlangen, construído entre 1700-1704 e que hoje em dia alberga os serviços administrativos da Universidade de Erlanegn-Nuremberga.

A universidade foi fundada em 1742 em Bayreuth por Frederick, o Margrave de Brandenburgo-Bayreuth, e transferida para Erlangen em 1743.

Frederick foi homenageado através do monumento em frente ao castelo, construído para celebrar o 100º aniversário da universidade em 1843.

DE-1187261

Mais um oficial e este é de Bremen na Alemanha. Mostra o edifício da Câmara Municipal e a Catedral de S. Pedro na Praça do Mercado.

Foto: Okon

DE-1187261, enviado pelo Piet.

Bremen é uma cidade no norte da Alemanha. Uma das suas atracções turísticas mais representativas é a Rathaus (Câmara Municipal), construída entre 1405 e 1410 e considerada um dos principais exemplares da arquitectura gótica de tijolos. Câmara Municipal e a Estátua de Rolando estão na lista do Património Mundial desde 2004.

A Catedral de São Pedro foi construída no século XIII.

NL-967262

Todos os dias quando saio de casa de manhã, estou à espera de ver neve. Às vezes até está tudo branquinho mas é apenas geada, neve, neve, nem vê-la. O inverno passado, por esta altura já tinha nevado bastante. Por enquanto, só vai caindo neve na caixa do correio.

Editions Cellard

NL-967262, enviado pelo Patrick
O postal foi enviado da Holanda mas aparentemente é francês mas nada identifica a imagem.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Minas Neolíticas de Spiennes - Bélgica

Estas minas foram 1 dos 3 locais Unesco que não visitei na Bélgica. Com este postal, enviado pelo Gilles, falta-me apenas um local para ter os 10 locais belgas.


Spiennes é uma vila na região da Valónia, conhecida pelas minas neolíticas, inscritas como Património Mundial da UNESCO, desde 2000. Foram inscritas por serem "a maior e mais antiga concentração de minas antigas da Europa" além de ter sido citado o nível de desenvolvimento tecnológico humano que demonstrou como justificativa para sua inclusão. As minas cobrem cerca de 100 hectares subterrâneos, sob Mons e são interessantes porque mostram a transição entre a mineração aberta e a subterrânea em alguns nódulos. Os nódulos foram extraídos usando-se pinças de chifre de cervo. As rochas foram transformadas em peças em formato de eixos e finalmente polidas em um estágio final.


O material bruto era retirado de uma ampla área e depois polido e levado ao destino final. O polimento endurecia o produto final, fazendo os eixos durarem mais. Os eixos eram usados inicialmente para limpar florestas durante o Período Neolítico inicial, e para esculpir a madeira com aplicações estruturais, como cabanas e canoas. - in: wikipédia

Abadia de Fonteney - França

A Abadia de Fonteney é o meu 30º local Unesco da França. Faltam 7. Apesar de ser francês, o postal foi enviado da espanha pela Fabienne e mostra a igreja da abadia.

A Abadia de Fontenay é um antigo complexo monástico cisterciense localizado na Comuna francesa de Marmagne. A abadia foi construída em estilo românico e é um dos mais antigos e importantes monumentos arquitectónicos da Ordem de Cister, tendo sido classificada Património Mundial pela UNESCO em 1981. Com excepção do refeitório, já demolido, todos os edifícios monásticos estão bem preservados.

Foto: Henri Gaud

A abadia foi fundada por Bernardo de Claraval em 1119 no vale de Egrevies, e sua construção iniciou-se em 1130. A igreja, um dos pontos altos do complexo, foi erigida entre 1139 e 1147 e consagrada pelo Papa Gregório VII. A sua construção foi financiada por Ebrard, bispo de Norwich, que jaz sepultado na abadia. A arquitectura da igreja reflete a severidade e simplicidade dos cistercienses: planta em cruz latina de três naves com transepto, sem torres.Os capitéis são simples, sem decoração, para não distrair os monges.

Ao longo dos séculos, a Abadia de Fontenay sofreu algumas perdas, como o refeitório, demolido quase totalmente em 1745. Também ganhou alguns acrescentos, como a nova Casa dos Abades, construída no século XVIII. Como consequência da Revolução Francesa, em 1791 a Abadia foi vendida a um fabricante de papel, mas em 1852 foi finalmente classificada como monumento histórico. Entre 1906 e 1911, a Abadia foi restaurada por Edouard Aynard, banqueiro de Lyon. - in: wikipédia

Castelo da Lousã

Aqui está mais um postal de um castelo que eu ainda não tinha e que a Vitória fez o favor de me enviar.

O Castelo da Lousã, conhecido também como Castelo de Arouce, situa-se num estreito contraforte da Serra da Lousã, a poucos quilómetros de Arouce, não se conhece ao certo quando foi edificado, mas a tradição popular conta que na época da ocupação muçulmana, um emir de nome Arunce, o terá construído para proteger uma filha.


Felicita Editores


Este emir teria sido expulso de Conimbriga, pelas forças cristãs e antes de se dirigir ao Norte de África, para pedir reforços, terá construído este castelo para proteger a sua filha, de nome Peralta e as suas riquezas. Com esta história é também justificado o nome da povoação de Arouce.


Pondo de parte a lenda, o castelo poderá ter sido edificado por volta de 1080, na época de Fernando Magno, que dominava esta região, depois de a ter reconquistado ao árabes, que voltariam a conquista-la em 1124, para voltar a ser reconquistada por, Teresa de Leão e passar para o domínio português, com a independência do Condado Portucalense.


Toda a região da Lousã pertenceu aos duques de Aveiro até 1759, passando depois para a posse da Coroa portuguesa. Já no século XX foi classificado como Monumento Nacional, desde o que tem vindo a ser alvo de obras de conservação do edifício e da paisagem florestal que o rodeia.


O castelo tem pequenas dimensões, as muralhas estão construídas em alvenaria de xisto, cuja Torre de Menagem se salienta entre a vegetação, para quem de longe observa a encosta da Serra da Lousã. - in: http://www.guiadacidade.pt/pt/poi-castelo-de-arouce-lousa-14727

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Gronelândia

Este é o meu 2º postal da Gronelândia. Para quem adora neve e frio como eu, deve ser um local bem interessante para se visitar. O postal foi enviado pelo Emerich e está autografado pela fotógrafa que tirou as fotos.

A Gronelândia é uma nação constituinte autónoma do Reino da Dinamarca, cujo território ocupa a ilha homónima, considerada a maior do mundo, além de diversas ilhas vizinhas, ao largo da costa nordeste da América do Norte.

Fotos: Alena a Jaroslav Klempírovi

A Gronelândia é a maior ilha do mundo e tem mais de 44 000 km de linha de costa. A população é escassa, confinada a pequenos povoados na costa. A ilha tem a segunda maior reserva de gelo do mundo, apenas ultrapassada pela Antárctica.
O clima é árctico a sub-árctico com Verões frescos e Invernos muito frios. O território e geralmente pouco declivoso, existindo uma camada de gelo de declive gradual que cobre quase toda a ilha. A costa é maioritariamente rochosa e com falésias. - in:
wikipédia

domingo, 8 de janeiro de 2012

Big Unesco RR - Grupo 41 II

E aqui ficam os outros 3 postais do RR Unesco. São todos de locais que eu já tinha mas vistas diferentes.

Foto: Sérgio Ricardo de Freitas
O Luciano enviou-me este postal de Ouro Preto. Quando o recebi era o meu quarto de lá, entretanto já chegou mais um.

Ouro Preto é uma cidade do estado de Minas Gerais, no Brasil. É famosa pela sua arquitectura colonial.
Foi a primeira cidade brasileira a ser declarada, pela UNESCO, Património Mundial da Humanidade, no ano de 1980 e foi eleita como 1 das 7 Maravilhas brasileiras.

Foto: Dariusz Krakowiak


Este é da Polónia, da capital Varsóvia. O "bodexs" enviou-me esta vista noturna do barbacã da cidade. Esta estrutura foi construída no século XVI e serviu durante anos como um posto fortificado, separando a Cidade Velha da Cidade Nova.

Esta é uma das estruturas inseridas no Centro Histórico de Varsóvia, inscrito pela UNESCO na lista do Património Mundial em 1980.

A Kerstin "schoolbag" enviou este postal de Speyer, uma cidade alemã localizada no estado da Renânia-Palatinado. É uma das mais antigas cidades da Alemanha.
A catedral de Speyer, em estilo românico, encontra-se na lista Património Mundial da Unesco desde 1981.