terça-feira, 1 de julho de 2008

Postais da Joana

Hoje também foi um dia bom, não tanto pela quantidade mas sim pela qualidade. Estes postais enviados pela Joana "joana122" são de facto muito bonitos.

"O Palácio da Pena constitui o mais completo e notável exemplar da arquitectura portuguesa do Romantismo. Está situado num dos cumes fragosos da Serra de Sintra e integra-se de modo inesperadamente feliz no seu tecido natural de verdura e penedia, atestando as potencialidades estéticas do projecto. O Palácio remonta a 1839, quando o rei consorte D. Fernando II de Saxe Coburgo-Gotha adquiriu as ruínas do Mosteiro Jerónimo de Nossa Senhora da Pena e iniciou a sua adaptação a palacete, segundo a sua apurada sensibilidade de romântico.
Chamado a dirigir as obras, o Barão de Eschewege levou à pratica as intenções revivalistas do soberano, erguendo em torno das ruínas entretanto restauradas um magestoso «pastiche» inspirado nos palácios e castelos da Baviera. Fantasiosa em extremo, a fábrica arquitectónica da Pena colhe nos «motivos» mouriscos, góticos e manuelinos da arte portuguesa muito da sua inspiraçáo, bem como no espírito Wagneriano dos Castelos Schinkel do Centro da Europa. Notar que, do anterior convento do século XVI foram preservados o claustro manuelino e na capelal um célebre retábulo renascentista do escultor Nicolau Chanterene." in:
http://www.portugalvirtual.pt/_tourism/costadelisboa/sintra/palpenap.html
O Palácio está incluído na paisagem Cultural de Sintra, classificada como Património Mundial da Humanidade e é também uma das Sete Maravilhas de Portugal.


"A baixa de Lisboa, também chamada Baixa Pombalina por ter sido edificada por ordem do Marquês de Pombal, na sequência do terramoto de 1755, situa-se entre o Terreiro do Paço, junto ao rio Tejo, e o Rossio (Praça D. Pedro IV), e longitudinalmente entre o Cais do Sodré e Alfama, cobrindo uma área de cerca de 235,000 km².
É formada por um conjunto de ruas rectas e perpendiculares, na Rua Augusta, todas estas rectas com edifícios de arquitectura semelhante e com grande importância comercial, e é um dos primeiros exemplos de construção resistente a terramotos. Os modelos arquitectónicos foram testados com a utilização de tropas em marcha para simular um terramoto." - in:
wikipédia.

"A Torre de Belém foi construída na era das Descobertas (quando a defensa da cidade era de extrema importância) em homenagem ao santo padroeiro da cidade, São Vicente.
Este monumento está repleto de decoração Manuelina que simboliza o poder do rei: calabres que envolvem o edifício, rematando-o com elegantes nós, esferas armilares, cruzes da Ordem Militar de Cristo e elementos naturalistas.Com o passar do tempo, e com a construção de novas fortalezas, mais modernas e mais eficazes, a Torre de Belém foi perdendo a sua função de defesa.
Durante os séculos que se seguiram, desempenhou funções de controle aduaneiro, de telégrafo e até de farol.Foi também prisão política, viu os seus armazéns transformados em masmorras, a partir da ocupação filipina (1580) e em períodos de instabilidade política. Finalmente, em 1983 a UNESCO classificou-a Património Mundial da Humanidade." - in: http://www.strawberryworld-lisbon.com/lisboa/places/torre-belem.html

Sem comentários: