sábado, 12 de julho de 2014

Palácio de Herrenchiemsee - Alemanha

O Rei Luís II da Baviera era um bocadinho excêntrico, talvez um pouco louco, como muitos o chamaram, mas deixou um imenso legado ligado à história da arte e arquitectura. Gostava de gastar dinheiro e gastou muita da sua fortuna para para financiar a construção de vários castelos. O Castelo de Neuschwanstein é o mais conhecido, mas há outros também capazes de impressionar os muitos turistas que visitam a Baviera. O Palácio de Herrenchiemsee é um desses exemplos. 

© Fotoverlag HUBER
O Palácio de Herrenchiemsee é um palácio Real localizado na Ilha de Herreninsel, no lago Chiemsee, o maior lago da Baviera a 60 km. de Munique.
O Neues Schloss (Novo Palácio) é o mais famoso dos edifícios do conjunto de Herrenchiemsee e o maior dos palácios de Luís II da Baviera. De certo modo, é um monumento à admiração do monarca bávaro por Luís XIV de França. Na grande Galeria dos Espelhos do palácio, o tecto está pintado com 25 quadros mostrando Luís XIV no seu melhor. 
O Novo Palácio foi desenhado por Christian Jank, Franz Seitz e Georg Dollman, tendo a sua construção decorrido entre 1878 e 1886. Foi idealizado como uma réplica à mesma escala do Palácio de Versailles, mas apenas a sua parte central foi construída antes da morte do Rei. 50 das suas 70 salas ainda permanecem inacabadas.
A primeira pedra do novo palácio foi colocada no dia 31 de Maio de 1878, tendo os trabalhos progredido muito rapidamente. Os tecidos e outros elementos da decoração interior haviam sido encomendados vários anos antes do início da construção. No entanto, ao fim de sete anos os trabalhos foram interrompidos por falta de dinheiro, mas Luís II pôde instalar-se no palácio, onde viveu apenas 16 dias. Pouco depois da morte do Rei, em 1886, os trabalhos pararam definitivamente. As vinte salas do palácio, cuja decoração já tinha terminado, encontram-se actualmente abertas à visita do público. - in: wikipédia

Sem comentários: