sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Mais postais russos

Porque hoje é feriado e estou em casa sem nada para fazer, aqui fica mais uma actualização com postais russos. Estes foram enviados pela Lidiya, que me pediu uma troca através do site oficial. Enviou-me os postais num envelope registado, chegaram rápido e fiz o mesmo. Paguei 3.50€ para enviar o envelope, foi enviado dia 18 do mês passado e ainda não chegou! Já estou a ficar preocupada.

 Estes postais são todos muito bonitos mas 3 deles têm aquele problema comum nos postais russos, não têm qualquer informação noutra língua que não o russo. Como eu ainda não sei russo, recorro a teclados em cirílico, disponíveis online para tentar decifrar de onde são os postais. Umas vezes consigo, outras vezes não. No caso deste postal consegui descobrir que é da cidade de Kislovodsk, situada no Krai de Stavropol. Kislovodsk em russo significa “água amarga”, e o nome é oriundo das diversas fontes naturais existentes ao redor da cidade. No postal mostra um edifício do século XIX que alberga umas termas.

 Este era um daqueles casos em que não tinha tido sucesso, mas acabei de voltar a tentar e aparentemente, este é um postal do Monte Elbrus, a montanha mais alta da Europa. É um estratovulcão extinto localizado na parte ocidental da cordilheira do Cáucaso, na Rússia, perto da fronteira com a Geórgia.  

 Este é de Stávropol, uma cidade localizada no sudoeste da Rússia. O busto que se vê no lado direito, é um monumento a German Lopatin, um revolucionário, jornalista e escritor russo.

 Foto: Aleksandra Belova
Este não precisava de informação em inglês ou noutra língua qualquer, identifica-se facilmente. É um postal da Igreja da Transfiguração em Kizhi, uma ilha russa situada no Lago Onega.
Esta igreja, a da Intercessão e o Campanário, fazem parte da lista do Património Mundial desde 1990.
A Igreja da Transfiguração é a maior das três construções. Foi construída em 1714 e possui 22 cúpulas na  sua cobertura, e uma grande iconóstase, tela de madeira coberta com retratos religiosos, adornado em ouro.

© Evgenia Petrochenko
Falando em Património Mundial, estes são alguns edifícios russos que constam na lista da Unesco. São eles: o Mosteiro Chernigovsky skete em Sergiev Posad; a Mesquita Qol Sharif em Kazan; a Igreja da Ressurreição de Cristo em São Petersburgo; a Catedral de São Basílio em Moscovo; a Catedral da Dormição em Vladimir; a Igreja da Transfiguração e o campanário na Ilha de Kizhi; A Igreja da Ascenção de Cristo em Kolomenskoye; a Catedral da Anunciação em Kazan e o Kremlin de Moscovo.

1 comentário:

Margarida disse...

Ai que inveja!
Não me importava nada de ir até aos Açores ;)
Já estive 3 vezes na Ilha Terceira e não sei se foi por ter sido a primeira ilha dos Açores que conheci ou se foi por ter lá estado 3 vezes, mas adoro aquela ilha e para mim que já conheci 7 das 9 ilhas é a minha ilha preferida!