sábado, 13 de dezembro de 2014

Shirakawa-go - Japão

Depois de 3 postais indianos, agora tenho 3 postais japoneses. São postais fantásticos da bela aldeia de  Shirakawa-go. Shirakawa-go, juntamente com a aldeia Gokayama, faz parte da lista do Património Mundial da UNESCO desde 1995.
Como disse num post anterior, se algum dia me mudar para o Japão, é nesta aldeia que vou viver. 
Foi em 2009 que recebi o 1º destes 3 postais, em resultado de uma troca com a Adriana, uma brasileira a viver no Japão e que me me enviou também outros 3 postais de locais UNESCO japoneses. O ano passado recebi o 2º postal, um oficial, e há poucos semana chegou o 3º enviado pela Lyan que foi viajar pelo Japão e visitou esta aldeia. 

Localizadas numa região montanhosa, estas aldeias com as suas casas típicas em estilo Gassho, subsistiam graças ao cultivo de amoreiras e à criação de bichos da seda. Estas casas com o telhados de colmo íngremes são únicas no Japão. 
Apesar de alguns problemas económicos, estas aldeias são o exemplo de um modo de vida tradicional, adaptado ao meio ambiente e às circunstâncias sociais de económicas das pessoas. 

 © Hiroyuki Yamaguchi

JP-329605, enviado por Momoko.
As aldeias situa-se no vale do rio Shogawa, justa da fronteira entre as prefeituras de Gifu e Toyama, no centro do Japão. Ambas as aldeias, Shirakawa-gō e Gokayama, são famosas pelas suas casas tradicionais  gassho-zukuri, algumas delas com mais de 250 anos. 

Gassho-zukuri significa "construído como mãos numa oração", uma vez que os telhados das casas fazem lembrar as mãos de monges budistas quando estes estão a rezar.
Este estilo arquitectónico desenvolvido ao longo de muitas gerações, foi desenhado para suportar o peso de grandes quantidades de neve. Os telhados de colmo, construídos sem pregos, proporcionam espaço para os sótãos onde se criam os bichos da seda.

Sem comentários: