sábado, 26 de dezembro de 2009

Presente Unesco

Há realmente pessoas muito simpáticas no postcrossing. Esta semana recebi um envelope da Alemanha com estes 5 postais, todos de locais unesco que eu ainda não tinha e nada fáceis de conseguir. Dois são da Coreia do Sul, e os restantes do Egipto, Índia e México.

Este simpático presente foi enviado pelo Claus "elbe". Foi realmente uma surpresa pois não estava nada à espera deste envelope. E ainda dizem que os alemães não são simpáticos :P


Cheomseongdae é um observatório astronómico, o mais antigo da Ásia Oriental, em Gyeongju, Corea del Sur. É considerado umas das instalações científicas mais antigas do mundo, remontado ao século VII.
Este observatório foi parte das Áreas Históricas de Gyeongju, Património Mundial da humanidade desde 2000.

Também da Coreia do Sul, é este postal do templo budista Bulguksa em Gyeongju, antiga capital do Reino de Silla. O templo é considerado uma obra de arte do apogeu do budismo no Reino de Silla.O Bulguksa era um pequeno templo que o Rei Beop-heung, ergueu para rezar pela prosperidade e paz no seu reinado. Actualmente o templo encontra-se como era em 1251, quando ele foi restaurado.
O Templo de Bulguska, juntamente com a Gruta de Seokguram, foi declarado Património Mundial da Unesco em 1995.

Este é um pôr-do-sol no Cairo, Egipto.
"O Cairo Islâmico é antiga cidade islâmica da capital egípcia, da Era Medieval. Entre a área urbana moderna do Cairo encontra-se uma das cidades islâmicas mais velhas do mundo, com as suas famosas mesquitas, madraçais e fontes. Fundado no século X, transformou-se no novo centro do mundo islâmico, alcançando sua idade dourada no século XIV.
Entre os mais de 800 monumentos que abriga encontra-se a mesquita Al-Azhar. Fundada em 970, é considerada a universidade mais antiga do mundo. Entre os monumentos destacam-se também a Mesquita Ibn Tulun, que data do século IX e é uma das maiores do mundo, o Mausoléu de Imam ash-Shafi’i, o maior túmulo islâmico do Egipto, onde um dos santos islâmicos mais importantes foi enterrado, e a Cidadela, uma fortaleza medieval que foi o centro do poder egípcio durante 700 anos, com três mesquitas principais e grande quantidade de museus.
Em 1979 foi declarado Património Mundial da UNESCO." - in: wikipédia

Agora temos um postal do Comjunto Monumental de Hampi na Índia.

"Hampi a capital do Império Vijayanagara de 1336 a 1565, ocupa uma área de cerca de 26 quilómetros quadrados no vale do Tungabhadra, em Karnataka, Índia. Foi declarada Património Mundial da Unesco em 1986.

Visitada já no século XV por italianos e persas, foi no século XVI visitada pelos portugueses Duarte Barbosa, Domingo Paes (este viajante português, que viveu em Hampi durante dois anos, descreve o monarca da altura - Krishnadeva Raya - como perfeito em todas as coisas) e Fernão Nunes. Todos eles deixaram relatos da grandiosidade e beleza de Hampi. No início do século XVI, um viajante persa - Abdur Razzak - deixou escrito que "a cidade era de tal modo grandiosa que os seus olhos nunca tinham visto nada parecido e que não tinha conhecimento de existir no mundo lugar como este".

No "coração" de Hampi existem cerca de 350 templos. Existem também fortificações, um vasto e muito elaborado sistema de irrigação, esculturas, pinturas, estábulos, palácios, jardins, mercados,etc.

Hampi é composto pelo "Centro Sagrado" (onde se localizam, entre outros, os templos de Vitthala, de Virupaksha, de Krishna e de Achyuta Raya, a estátua de Narasimha,...), pelo "Centro Real" (onde ficam o templo de Hazara Rama, o estábulo real dos elefantes, os quarteis, o tanque dos degraus, o Palácio da Rainha,...) e os centros suburbanos." - in: wikipédia

Para terminar, um postal de Uxmal, o meu 2º local unesco mexicano, Partimónio Manudial desde 1996. No postal pode ver-se a "pirâmide do adivinho".

"Uxmal localiza-se na península de Yucatán, no México. Um dos mais conhecidos sítios arqueológicos maias, é considerada uma cidade típica de seu povo. Com uma população estimada de cerca de 25.000 pessoas, foi uma das maiores cidades do Yucatán. A disposição dos edificios, que datam entre 700 e 1000, revela conhecimento de astronomia.

Entre os seus tesouros encontram-se a Pirâmide do Adivinho, uma estrutura de quase 40 metros de altura, e o Quadrilátero das Freiras.

Uxmal foi fundada por volta de 500 por Hun Uitzil Chac Tutul Xiu. Durante gerações Uxmal foi governada pela dinastia Xiu, era a cidade mais poderosa no oeste do Yucatán, e por pouco tempo em aliança com Chichén Itzá dominou toda a área norte maia." - in: wikipédia

Sem comentários: