segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Igreja Fortificada de Biertan - Roménia

Já aqui disse antes que tenho muita vontade de ir à Roménia e cada vez que recebo um postal de lá, fico ainda com mais vontade. Estive a ver imagens de algumas das igrejas fortificadas e são todas tão lindas. Já para não falar dos castelos, fortalezas e mosteiros. Ninguém quer ir comigo à Roménia?

A aldeia de Biertan, mencionada pela primeira vez num documento oficial em 1283, abriga uma das maiores e mais impressionantes fortalezas medievais da Transilvânia.
Rodeada por ruas e vinhas pitorescas, a igreja fortificada do século XV em Biertan está empoleirada no alto de uma colina no meio da aldeia. Três camadas de paredes defensivas com 10 metros de altura, ligadas por torres e portões, cercam o complexo, tornando a igreja impossível conquistar na época medieval.

Foto: © M. Dragomir
Apresentando arquitectura gótico tardia com portas pesadas e paredes exteriores duplas, a igreja possui o maior altar de madeira de vários painéis da Transilvânia e uma notável porta de madeira que em tempos protegia os tesouros da sacristia.
Os visitantes também podem admirar as nove torres que cercam a igreja. Dentro dos terrenos da igreja existem vários outros edifícios interessantes, incluindo a "prisão matrimonial". Os casais que desejassem divorciar-se ficavam "presos" durante duas semanas, para que pudessem ter certeza de que desejavam terminar o seu casamento. Durante essas duas semanas tinham de partilhar uma cama de solteiro, um prato e uma colher. Se se resolvessem reconciliar podiam sair mais cedo. Durante os três séculos que os bispos residiram em Biertan, apenas um casal acabou por se divorciar.
Juntamente com outras aldeias e igrejas fortificadas, Biertan e a sua igreja estão classificadas como Património Mundial da UNESCO, na lista com o nome "Aldeias com Igrejas Fortificadas da Transilvânia".
Opostal foi enviado pela Claudia.

Sem comentários: