quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Porto

Gosto tanto do Porto. Não sei se este ano já lá estive, acho que não e não está nos meus planos ir lá em breve. Quem lá esteve duas vezes em pouco tempo foi a Ninocas, 1º com uns amigos do Postcrossing e depois com a família. 

Foto © Ricardo Vicente
A Igreja de Santo Ildefonso foi edificada entre 1709 e 1739. A fachada está revestida com azulejos de Jorge Colaço representando cenas da vida de Santo Ildefonso e alegorias da Eucaristia. No interior pode ver-se um retábulo em talha barroca e rococó da primeira metade do século XVIII, com o risco de Nicolau Nasoni. - in: http://www.visitporto.travel/visitar/paginas/viagem/DetalhesPOI.aspx?POI=381

Foto © Ricardo Vicente
Projectada pelo Eng.º Teófilo Seyrig, discípulo de Eiffel, a Ponte D. Luís I foi inaugurada em 1886. É constituída por dois tabuleiros em ferro sobrepostos. Tem 395 metros de comprimento e 8 de largura, sendo o seu arco ainda hoje considerado o maior arco do mundo em ferro forjado. Actualmente o tabuleiro superior é ocupado por uma das linhas do Metro do Grande Porto, ligando a zona da Catedral no Porto, ao Jardim do Morro e à Avenida da Républica em Vila Nova de Gaia. - in: http://www.visitporto.travel/visitar/paginas/viagem/DetalhesPOI.aspx?POI=722&AreaType=3&Area=-1

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Castelo de Marvão

A minha única visita a Marvão foi rápida e deixou vontade de lá voltar. Não é que precise de mais postais mas gostava de tirar mais fotos.
Quanto a estes postais, os dois primeiros foram comprados por mim e o último foi enviado pela Vitória. 

O castelo de Marvão situa-se no mais alto pico da Serra de São Mamede, em pleno Parque Natural, a ocupação deste território pode remontar à pré-história, mas não há certezas quanto a isso, como também não há, sobre a sua ocupação pelos romanos, todavia a proximidade de uma via romana, que atravessava o rio Sever, aponta para essa possibilidade.
O que parece certo é que D. Afonso Henriques, terá conquistado esta fortificação aos mouros, por volta de 1166, na sequência da campanha que se iniciou com a conquista de Alcácer do Sal. A data mais antiga que atesta a pertença portuguesa deste castelo, é 1214.

Em 1271, o castelo foi doado à Ordem de Malta, pelo rei D. Afonso III, já no reinado de D. Dinis, foi ampliado e construída a Torre de Menagem, também D. João I, depois da crise de 1385, manda reforçar as defesas do castelo e implementa o povoamento da região. 
Novas obras foram iniciadas depois da restauração da independência em 1640, para adaptação da fortaleza ao uso de artilharia e antes das obras terminarem foi atacada pelas forças espanholas, que voltaram a atacar este castelo em 1704 e 1772. Já no século XIX, durante as invasões francesas, chegou a ser ocupado por estas forças.

www.edigpostal.com
Classificado como Monumento Nacional, tem vindo a ser mantido em bom estado de conservação com o apoio da Liga dos Amigos do Castelo e da Câmara Marvão. 
O castelo é afinal uma cidade fortaleza, já que a povoação está envolvida pela primeira linha de defesa ao longo do monte, conta depois com uma segunda linha com muralhas e torres e finalmente o castelo medieval, com duas torres e a Torre de Menagem. Nas dependências do castelo está instalado um museu arqueológico de armaria. - in: https://www.guiadacidade.pt/pt/poi-castelo-de-marvao-13929

Castelo de Óbidos

Em Agosto a Sofia vou visitar Óbidos. Para além de visitar, aproveitou para enviar postais e beber uma ginginha. 


O castelo de Óbidos terá sido originariamente edificado pelos árabes, no local que já tinha sido ocupado por lusitanos, romanos e visigodos, e no contexto da expansão do território português e reconquista cristã da Península Ibérica, D. Afonso Henriques tomou este castelo por volta de 1148.
No reinado de D. Sancho I, foram executadas obras neste castelo, que resistiu aos ataques e se manteve fiel ao rei D. Sancho II, durante a crise que levaria à sua deposição e subida ao trono de D. Afonso III, esta tomada de posição passaria a fazer parte do seu brasão de armas, «mui nobre e sempre leal».
Uma particularidade deste castelo é que depois de ter sido entregue pelo rei D. Dinis, como dote, à Rainha Santa Isabel, viria a fazer parte do dote das rainhas seguintes, chegando a ser residência da rainha D. Leonor, esposa de D. João II.
D. Manuel I, é responsável por importantes melhoramentos no castelo e na vila, sendo dessa época a reconstrução dos Paços do Alcaide. O Terramoto de 1755 causou muitos danos ao castelo, mas ainda viria a desempenhar a sua função durante as invasões francesas, contribuindo para a derrota do exército francês.
Classificado como Monumento Nacional, tem instalada, desde 1951, a Pousada de Óbidos, que ocupa o paço de estilo Manuelino construído no início do século XVI, e recuperado dos danos que sofreu no terramoto de 1755. - in: https://www.guiadacidade.pt/pt/poi-castelo-de-obidos-13975

domingo, 27 de novembro de 2016

Mini-Encontro em Sintra

Qualquer desculpa é boa para se ir dar um passeio, para mais um encontro e para comprar postais. Desta vez a desculpa foi ir provar um bolo novo a Sintra. Quanto ao bolo não sei, mas a avaliar por estes dois, valeu a pena ir lá comprar postais. Foram enviados pela Vitória e pela Ninocas e foram também assinados pelo Zé, pela Edite e pela Paula. 

© Sergiy Scheblykin 2016
A foto deste postal é fantástica. Falando em foto, sabiam que a 1ª fotografia feita em Portugal é com o Palácio da Pena?! Foi um senhor chamado Wenceslau Cifka que a tirou. 

 © Sergiy Scheblykin 2016
O Palácio Nacional de Queluz é uma referência da arquitectura rococó e neoclássica em Portugal. Mandado construir em 1747 pelo futuro D. Pedro III, marido da rainha D. Maria I, foi concebido como residência de verão, tornando-se espaço privilegiado de lazer da família real.
Os espaços de aparato e os aposentos privados sucedem-se em íntima ligação com os jardins, parte integrante desta vivência lúdica. - in: https://www.parquesdesintra.pt/area-comercial/aluguer-de-espacos/palacio-nacional-de-queluz/

Monsaraz - Portugal

Estes dois postais foram ambos enviados pela Ninocas. O 1º chegou há dias e foi um dos últimos que ela me enviou. O 2º foi, por sua vez, um dos meus primeiros, talvez o tenha enviado há uns 8 anos, se não mais. 

Monsaraz repousa junto ao Guadiana no cimo de uma colina que se ergue na planície alentejana. Foi conquistada aos Mouros em 1167 por Geraldo sem-pavor tendo sido entregue aos templários por D.Sancho II para sua defesa e povoamento.
O castelo de Monsaraz desempenhou durante séculos o papel de posto de vigia do Guadiana, de onde se podia observar a fronteira com Castela. Foi sede do concelho até 1838, quando esta função passou para a freguesia de Reguengos.

A vila medieval de Monsaraz, protegida pelas suas muralhas é uma pequena povoação, com as suas ruas de xisto e as paredes caiadas de branco. Com ruas estreitas e repleta de recantos tem como pano de fundo uma vista deslumbrante sobre a paisagem alentejana e a albufeira de Alqueva. - in: http://www.roteirodoalqueva.com/aldeias-ribeirinhas/monsaraz

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Vilamoura - Portugal

De vez em quando a Vera vai ao Algarve e não foi há muito tempo que lá voltou. Tal como há um ano atrás, este ano também me enviou um postal de Vilamoura. 
 Photography & design © Michael Howard * www.mikehowardphoto.com

 Ao contrário de muitas estâncias do Algarve, que tiveram origem em aldeias piscatórias, a sofisticada Vilamoura foi construída propositadamente segundo os parâmetros dos veraneantes mais exigentes. O desenvolvimento sustentado e a arquitectura requintada inserida em belas paisagens levaram à criação deste resort de luxo. Aqui encontrará inúmeras opções de desportos, lazer e compras, e todas as comodidades imagináveis num dos destinos balneares mais procurados do Algarve.

© Edição Vistal

Na linha da frente das inúmeras atracções de Vilamoura estão as esplêndidas praias e diversos campos de golfe. As praias de Bandeira Azul em ambos os lados da Marina oferecem uma ampla variedade de desportos aquáticos e serviços, sendo as suas baías abrigadas as favoritas entre as famílias. A famosa Marina de Vilamoura, uma das maiores da Europa, atrai iates luxuosos de todo o mundo e as lojas de marca, cafés, bares e restaurantes exalam um ambiente chique e cosmopolita. - in: http://www.portugal-live.net/P/places/vilamoura.html

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

PT RR - Grupo 37 *`Igrejas

Outro RR, outros postais. O Óscar enviou um postal de Genève onde de vêm as torres da Catedral de São Pedro e a Ana enviou um postal da Basílica do Sagrado Coração em Paris. 

Photo: Christophe et Viviane Blatt
A Catedral de São Pedro ou Catedral de Genebra, está situada no centro histórico da cidade e é desde 1535 a principal igreja protestante da cidade.

Photo: Frank Godard
A basílica do Sagrado Coração é um templo da Igreja Católica Romana em Paris, sendo, também, o símbolo do bairro de Monte Martre. A basílica está localizada no topo do monte Martre, o ponto mais alto da cidade. 
A arquitectura da basílica é inspirada na arquitectura romana e bizantina e influenciou outros edifícios religiosos do século XX.
A construção começou em 1875 e foi concluída em 1914, embora a consagração da basílica tenha ocorrido apenas após o final da Primeira Guerra Mundial. - in: wikipédia

Monthly Favorite Surprise RR * Outubro 16

O mês passado os postais deste RR vieram dos EUA, da Holanda, da Espanha, do Japão e da Ucrânia. 

Photo © Jeff Nachman
O último postal de Outubro chegou dos EUA e foi enviado por Ashley.
O Memorial da Segunda Guerra Mundial é um memorial do significado nacional dedicado aos americanos que serviram nas forças armadas e como civis durante a Segunda Guerra Mundial. Constituído por 56 pilares e um par de pequenos arcos de triunfo à volta de uma praça e fonte, ele fica no National Mall em Washington, DC, no antigo local do Rainbow Pool no extremo leste do Reflecting Pool, entre o Lincoln Memorial e o Monumento de Washington.
Inaugurado em 29 de Abril de 2004, foi dedicado pelo presidente George W. Bush em 29 de Maio.

© Anne Frank Stichting * Foto: Allard Bovenberg
Quando fui à Casa da Anne Frank em Amesterdão comprei um postal igual a este, enviado pela Marja. Quem já lá foi certamente não esquece e reconhece esta estante móvel que escondia a entrada para o Anexo. 
O esconderijo onde se encontra o Anexo, situava-se numa parte desactivada do edifício de escritórios da empresa de Otto Frank. Enquanto o negócio funcionava como de costume na parte frontal do edifício, na parte traseira, havia pessoas escondidas no anexo.
O enconderijo, situado no nº 263, era relativamente espaçoso. Havia espaço suficiente para duas famílias. Esta situação não era muito comum, já que normalmente pais e filhos se separavam em esconderijos diferentes. Grande parte dos esconderijos eram pequenos espaços em caves húmidas ou em sotãos poeirentos. As pessoas que se escondiam em zonas rurais, por vezes, podiam sair para o exterior, mas somente se não houvesse perigo de serem descobertas.
Assim que houve possibilidade, a entrada para o Anexo Secreto foi escondida por detrás de uma estante de livros móvel. O senhor Voskuijl, o gerente do armazém, construiu a estante de livros móvel para disfarçar a entrada para o Anexo Secreto. 

Foto: A. Mulet
Tortosa é uma cidade na Catalunha cuja existência em desconhecia mas até parece interessante. A Yolanda conseguiu juntar num só postal duas das coisas que mais gosto, castelos e igrejas. 
Castelo de Sant Joan, ou Suda, situa-se numa colina de 59 metros de altura. Embora os romanos fossem os primeiros a fortificar o lugar, a estrutura actual data do califa muçulmano Abd ar-Rahman III. Após a conquista de Ramon Berenguer IV, Conde de Barcelona, em 1148, tornou-se uma residência do Montcada e dos Templários, e a partir do século XIII tornou-se uma mansão real. Actualmente é um parador nacional de turismo. 
A Catedral de Santa Maria de Tortosa está localizada no local que foi originalmente existiu um fórum romano, que então se tornou um local de culto, depois uma Catedral Visigótica e mais tarde uma mesquita. A construção da catedral gótica começou em 1347 e continuou até meados do século XVIII.

Quando recebi este postal pensei: "mas que raio é isto?". Depois percebi que "isto" é uma máquina da Fabrica de Seda de Tomioka, um dos locais UNESCO do Japão que me faltavam. Que boa surpresa. Arigato Tomoko.
A Fábrica de Seda de Tomioka é a mais antiga fábrica de seda do Japão, tendo sido construída em 1872 pelo governo japonês com o objectivo de introduzir máquinas modernas na confecção da seda proveniente da França e assim difundir sua tecnologia por todo o país. A fábrica foi designado pelo governo como um local histórico e todas as suas edificações estão preservadas em boas condições. Ela esta localizada em Tomioka, na região de Gunma, a cerca de 100 km a noroeste de Tóquio.
A fábrica de Seda de Tomioka foi incluída na lista do Património Mundial da UNESCO por "ilustrar o desejo do Japão de rapidamente aceder às melhores técnicas de produção em massa e de se tornar um elemento decisivo na renovação da sericultura e da indústria da seda no Japão no último quarto do século XIX". - in: wikipédia

Finalizo este RR com um postal da Crimeia enviado pela Ira.
O antigo farol Tarkhankutskyi é a principal atracção no CaboTrakhankut. Foi construído em 1816.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Monthly Favorite Surprise RR * Setembro 16

Como disse antes, o RR de Agosto não se realizou, por isso salto de Julho para Setembro. E em Setembro os postais vieram da Austrália, da Rússia, da China e da Lituânia.

© SCANCOLOR Australia
O Parque Nacional de Grampians situa-se na região de Grampians, em Victoria, a 260 kms de Melbourne e 460 kms de Adelaide. 
Foi classificado como um parque nacional em 1984 e entrou para a Lista do Património Nacional da Austrália em 2006 devido à sua beleza natural e por ser um dos mais ricos locais de arte rupestre indígena no sudeste da Austrália. 
Tal como o postal australiano que recebi em Julho, este também foi enviado pela Alison.

Já não sei quando foi mas a Twinkle já me enviou uma vez um postal de uma aldeia tradicional chinesa e gostei muito. Desta vez enviou outro postal de outra aldeia e também gostei. Se algum dia for à China, vou querer visitar algumas aldeias tradicionais, esta é Wuzhen.
Wuzhen situa-se na província de Zhejiang a 80 kms de Hangzhou e Suzhou e 140 kms de Xangai.
Como uma das seis maiores cidades antigas na região sul do rio Yangtze, Wuzhen tem mais de seis mil anos de história e sempre foi uma terra fértil em arroz, peixe e seda. A pequena cidade, com casas feitas de tijolos pretos e azulejos cinza contrastando acentuadamente com as paredes brancas, fazendo com que pareça um desenho a tinta da china. 
 Quer seja andando à beira rio ou passeando nas rua pavimentadas com lajes azuis, o cenário pitoresco e o estilo de vinda lendo, impressionam quem visita Wuzhen. 

Enquanto a neve não chega à Guarda, vão matando as saudades através dos postais. Este foi enviado pela Alyona e para além dela, assinaram este postal mais 5 outros postcrossers que participaram num encontro no início do mês de Setembro. 
Esta é a Rua Malaya Sadovaya em São Petersburgo. Com apenas 179 metros, Malaya Sadovaya é a rua mais curta em São Petersburgo. No entanto, apesar de seu tamanho diminuto, Malaya Sadovaya tem uma atmosfera indescritível que atraiu até mesmo o Imperador Alexandre II, que costumava passear por lá. 
No final do século XX esta rua passou a ser inteiramente pedestre e foi adornada com numerosos monumentos e esculturas, e tornou-se um destino ainda mais popular para passeios e encontros, quer para  os residentes da cidade, quer para os turistas.

Este bonito edifício em Nizhny Novgorod pode parecer um palácio mas na verdade é um banco. É sem dúvida o banco mais bonito que já vi. 
O Banco do Estado foi construído em 1913 para comemorar os trezentos anos da dinastia Romanov. A sua construção lembra um castelo medieval mas também as antigas casas de madeira russas. O interior do banco foi pintado de acordo com os desenhos do pintor I. Bilibin.
Actualmente o edifício é ocupado por uma sucursal do Banco Central da Rússia.

Foto © Antanas Varanka
Em Julho recebi um postal da Ieva e em Setembro também recebi. Desta vez enviou-me um postal de Vilnius com um dos principais monumentos religiosos, culturais e históricos da cidade, a Porta da Aurora. Foi construída entre 1503 e 1522 como parte das fortificações defensivas da cidade. Das nove portas que existiam na cidade apenas resta esta.
No século XVI as portas da cidade costumavam ter artefactos religiosos com o intuito de proteger a cidade de ataques e abençoar os viajantes. A Capela da Porta da Aurora contém um ícone da Abençoada Virgem Maria Mãe de Misericórdia. Há séculos que a imagem é um dos símbolos da cidade e objecto de veneração tanto para Católicos como para Ortodoxos. 

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Monthly Favorite Surprise RR - Julho 16

Continuo a participar neste RR e nos próximos posts mostro os postais que recebi em Julho, Setembro e Outubro. O RR de Agosto foi cancelado devido a problemas pessoais da pessoa que o organiza.

Photos: Dana Yergi, Bob Halstead and Dinah Halstead
A Alison enviou este colorido postal da Grande Barreira de Coral a 7ª Maravilha Natural do Mundo. Na Grande Barreira de Coral existem mais de 1500 espécies de peixes e 400 especiais de coral.
No postal podemos ver o Nemo, ou melhor, o peixe-palhaço, a truta dos corais, priacanthidae e um peixe anjo.

De Moscovo chegou este postal da Igreja de Cristo o Salvador, enviado pela Olga.
A catedral Cristo Salvador é considerada um ícone do renascimento cristão ortodoxo na Rússia. Foi construída no século XIX, foi destruída pelos comunistas e e reconstruída quase 100 anos depois. 

Fotografas: a. Kuliesis
Estive em Kaunas o ano passado, visitei o castelo mas não encontrei postal só com o castelo. Graças à Ieva agora tenho finalmente um.
Este castelo do século XIII, provavelmente construído pelo Grão-Duque Kęstutis para defender o caminho para Trakai, foi o primeiro bastião defensivo do país e o único castelo com uma muralha dupla na Lituânia.
As muralhas circundantes tinham inicialmente mais de dois metros de largura e 13 metros de altura. Ao contrário da maioria dos outros castelos daquele tempo, este foi feito de pedra, não de madeira.

  © Schöning GmbH & Co. KG
Gosto muito deste postal de Nuremberga, enviado pela Steffi, mas infelizmente já é repetido. 
A Igreja de S. Lourenço foi uma das construções medievais a serem danificadas durante a Segunda Guerra Mundial. Foi construída entre 1243 e 1315 em estilo gótico.

Mais um postal da Alemanha. A Stefanie enviou um postal da Abadia de Corvey e um dos selos também é da abadia.
A abadia imperial de Corvey era uma abadia beneditinajunto ao rio Weser, 2 quilómetros de Höxter, na Renânia do Norte-Vestefália. Foi uma das abadias imperiais do Sacro Império Romano, desde o final da Idade Média até 1792, quando a abadia foi dissolvida. Foi por sua vez secularizada em 1803 e absorvida no recém-criado Principado de Nassau-Orange-Fulda. Em 2014, a abadia foi incluída na lista do Património Mundial do UNESCO.