sexta-feira, 30 de maio de 2014

AU-348150

Até custa a acreditar que em tantos anos de Postcrossing este seja o meu 1º postal com coalas. Tinha outros 2 com várias imagens de locais e animais famosos da Austrália mas um postal só com coalas, este é mesmo o primeiro. Apetece ter um em casa, não apetece?!

Photo: C. Andrew Henley / LARUS
AU-348150, enviado pela Lisa.
Os coalas são mamíferos marsupiais que vivem na Austrália. São marsupiais porque as fêmeas destes animais têm uma bolsa na barriga chamada bolsa marsupial. 
Os coalas alimentam-se, principalmente, de folhas de eucalipto mas das 350 espécies de eucalipto que existem, os coalas só gostam de comer as folhas de 20 dessas espécies. Para além das folhas também se alimentam de solo e da casca mais macia dos eucaliptos. Ao comerem as folhas dos eucaliptos, estão também a absorver a água que elas contêm e por esse motivo raramente bebem água. 
Geralmente, os coalas vivem sozinhos. Só se juntam quando é para acasalar. Os coalas machos atraem as fêmeas através do odor com que marcam as árvores e dos sons que fazem para as chamar. A cria nasce 35 dias depois do acasalamento mas, ao contrário de outros animais, ainda não está pronta para sobreviver. Quando a cria nasce, vai para a bolsa marsupial na barriga da mãe coala e aí fica a mamar durante 7 meses. Depois, vai para o dorso da mãe e fica agarrada a ele até fazer um ano de idade. Só nesta altura é que o bebé coala está pronto para enfrentar a vida sozinho.
Existem três subespécies diferentes de coala. Consoante a região que habitam, estas subespécies diferem em peso, comprimento e espessura do pêlo.Os maiores são os das regiões do sul da Austrália e chegam a medir 78 cm e a pesar 12 kg! 
 Apesar de já terem estado em vias de extinção, por causa dos incêndios, do abate dos eucaliptos de que se alimentam e da caça, hoje em dia os coalas são uma espécie protegida. - in: http://www.junior.te.pt/servlets/Rua?P=Animais&ID=784
Um coala pode viver entre 13 e 18 anos. 

quinta-feira, 29 de maio de 2014

CN - 1272052

Neste postal oficial da China está a entrada para o Mausoléu do Dr. Sun Yat-sen, considerado o "pai" da República da China e o precursor da Revolução Chinesa. 
O mausoléu está localizado no sopé de uma montanha em Nanjing. 

CN-1272052, enviado pelo Anthony.
A construção do mausoléu começou em Janeiro de 1926 e terminou na primavera de 1929. Ocupa uma superfície de aproximadamente 80.000 m² e tem a forma de um sino. Esta forma pretende simbolizar a maneira como Sun yat-sen despertou a consciência dos chineses. 

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Polatsk - Bielorrússia

Há dias recebi este postal da Bielorrússia enviado pelo Igor. O postal é de Polatsk e mostra o Convento de Stª Eufrosina
Reparem no selo, é um selo Postcrossing!

Polatsk é a cidade mais antiga da Bielorrúsia, foi fundada em 862. O convento foi fundado um pouco mais tarde, no século XII, por Stª Eufrosina. 

domingo, 25 de maio de 2014

Encontro em Londres

Foi há 2 meses e pouco que fui a Londres mas parece que foi há mais tempo. Mas Londres já é passado e eu só já penso na próxima viagem!! 
Há bem menos pouco tempo foi mais um Encontro Postcrossing, nos dias 2 e 3 deste mês. A Raquel e a Laerke estiveram lá e enviaram-me estes postais. 

 Photo © Paul Felix
A Tower Bridge é a ponte mais famosa de Londres, uma ponte levadiça erguida sobre o rio Tâmisa que foi inaugurada em 1894. 
A construção da Tower Bridge dev-see em grande parte ao enorme crescimento demográfico ocorrido em Londres no final do séc. XIX. Ao ser construída abaixo da London Bridge (Ponte de Londres), essa ponte não poderia ser fixa, caso contrário impediria o tráfego fluvial.
Em virtude disso, em 1894 foi inaugurada em Londres a maior ponte levadiça do mundo, que se erguia 47 metros acima do rio Tâmisa, graças a um sistema hidráulico cuja força era proporcionada por enormes motores movidos a vapor. Actualmente, esse símbolo universal de Londres está aberto ao público, com visitas guiadas às antigas salas dos motores a vapor, onde ainda podem ser vistos os mecanismos hidráulicos originais. - in: http://dreamguides.edreams.pt/reino-unido/londres/tower-bridge

Neil Turner Photolibrary ©
Este é o quarto do Lorde Bute no Castelo de Cardiff, em Gales, desenhado e decorado por William Burges entre 1873-79. 

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Keukenhof - Holanda

Há poucos dias a Paula regressou a casa depois de uma "viagem louca" - foi assim que ela a chamou, à Holanda e a Inglaterra. Conhecendo-a e conhecendo as pessoas com quem esteve, acredito que tenha mesmo sido louca. 
Um dos locais que visitou na Holanda foi o Keukenhof, o segundo maior jardim de flores do mundo. 

Keukenhof está situada na Holanda do Sul entre as cidades de Hillegom e Lisse, a sul de Haarlem e a sudoeste de Amesterdão. De acordo com a página oficial do parque Keukenhof, sete milhões de bolbo de flores são plantados anualmente no parque.
Keukenhof está aberto anualmente desde a última semana de março até meados de maio. O melhor período para ver as tulipas é em meados de Abril, dependendo do tempo.

Vacas suiças

Há poucas semanas conheci o Óscar, um postcrosser tuga a viver na Suiça. Passei um dia excelente com ele e a sua família em Aveiro! E de que é que falam dois postcrossers? De postais claro. Falámos do que gostamos e não gostamos e eu disse que gostava de vacas. Assim, na 1ª oportunidade que teve para me voltar a enviar postais, enviou-me estes dois postais com vacas suiças. 

 Foto: A. Brazerol
A Suiça é a terra do queijo e do chocolate, por isso não admira que as vacas sejam uma parte importante da economia local. No total, existem na Suiça cerca de 1.590.000 vacas, ou seja, uma vaca por cada cinco habitantes. 
Não é nada mau ser uma vaca na Suiça. Os seus donos recebem subsídios do estado para investir nos estábulos. Os mais modernos são bastante iluminados, grandes, acolhedores e por vezes até têm aquecimento. Aposto que muitos deles são melhores que muitas casas. 

Photo: Juliette Repond
A vida destas vacas é tão boa que até fazem férias. Todos os verões, depois da neve derreter, cerca de 500.000 vacas são transportadas para as montanhas. 
No fim do verão descem a montanha e celebra-se o “Alpabzug”. Para esta celebração os agricultores vestem os seus trajes tradicionais e as vacas são enfeitadas com chapéus de flores e belos sinos ao pescoço. 

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Jardim Boboli - Itália

Se procurarmos pelo Jardim de Boboli na lista da UNESCO, podemos não encontrá-lo de imediato. Este jardim faz parte de um conjunto de doze villas e dois jardins que pertenceram à família Médici entre os Séculos XV e XVII, ao redor de Florença e noutros locais da Toscana. Foi o ano passado que a UNESCO os inscreveu na sua lista do Património  Mundial "testemunharem a influência que a Família Médici exerceu sobre a cultura moderna europeia através do seu patrocínio às artes"
Este postal foi enviado pelo Damien.

Colessione del Ministerio per i Bene Culturali e Ambientali - Foto: SBAA FI 
O Jardim de Boboli situa-se atrás do Palácio Pitti - ambos foram em tempos propriedade da família Médici de Florença, mas hoje estão abertos ao público.
O jardim não é o típico jardim formal italiano do século XVI - na verdade, foi um dos primeiros exemplos do estilo
Juntamente com os relvados bem cuidados, as plantas e as fontes que se esperam encontrar num jardim, aqui encontra-se também, em várias partes do jardim, uma bela colecção de esculturas dos séculos XVI-XVIII.
O jardim de Boboli foi originalmente idealizado e construído para a esposa de Cósimo I de Medici na década de 1540 e foi aumentado nos séculos XVI e XVII
Algumas características notáveis de jardim incluem vias arborizadas, grutas, escultutas, fontes e um anfiteatro com um obelisco egípcio no centro.

sábado, 17 de maio de 2014

Issoire - França

Issoire é uma pequena cidade francesa na região administrativa de Auvergne, no departamento Puy-de-Dôme. Neste postal enviado pelo Bernard pode ver-se a igreja de Stº Austremoine. 

Photo: Ed. du Lys
A igreja de Stº Austremoine foi construída no século XII em estilo românico. É a maior igreja neste estilo no departamento de Puy-de-Dome. 
Foi construída no local de uma antiga capela, erguida sobre o túmulo de Stº Austremoine. É um dos melhores exemplos da arquitectura românica em Auvergne. Para além da igreja existe também um campanário e um museu da pedra filosofal.

sexta-feira, 16 de maio de 2014

ES-287881

A semana passada recebi um envelope de Espanha com estes 3 postais de Barcelona, uma bela surpresa do Jordi. 

 TRIANGLE POSTALES * Foto © Pere Vivas
ES-287881, enviados pelo Jordi.
O Templo Expiatório da Sagrada Família é uma das maiores atracções turísticas de Barcelona. Cerca de 4 milhões de pessoas visitam-no por ano, dos quais pelo menos 3 milhões visitam também o interior.
Apesar da enormidade da obra, a Sagrada Família tem sido toda ela paga com contribuições privadas incluindo, nos anos mais recentes, o dinheiro recebido da venda de bilhetes. 
Quando estiver terminada, a Basílica terá 18 pináculos. 12 em representação dos Apóstolos, 4 em representação dos Evangelistas, uma em representação de Nossa Senhora e, a mais alta, em representação de Jesus Cristo.
O pináculo mais alto ostentará uma cruz gigante. Ao todo o edifício terá 170 metros, menos um que a serra de Montjuic, uma vez que Gaudí não queria que a sua obra ultrapassasse a de Deus. Quando estiver finalizada, a basílica será a igreja mais alta do mundo.
A Basílica em si, com toda a sua simbologia explicitamente cristã, tem sido fonte de conversão para muitos. Um exemplo conhecido é o do escultor japonês Etsuro Soto, que se converteu juntamente com a sua mulher enquanto trabalhava na construção da Basílica. Gaudí: “O Arquitecto de Deus”. - in: http://mediaserver2.rr.pt/newrr/index2579aa32/main_sf.html

 TRIANGLE POSTALES www.triangle.cat * Foto: Biel Puig
Igreja de Santa Maria do Mar é uma bela e enorme igreja gótica em Barcelona. Situa-se no bairro da Ribera, junto à praça de Fossar de les Moreres. É uma das principais igrejas góticas da Catalunha.
A primeira pedra da igreja foi lançada a 25 de maio de 1329 sobre as fundações de igrejas anteriores pelo rei Afonso IV de Aragão, o Benigno. Tal fato é atestado por uma placa comemorativa localizada numa das fachadas do edifício. Os primeiros mestres da obra foram Berenguer de Montagut (o desenhador principal do edifício) e Ramón Despuig. As paredes, fachada e capelas estavam terminadas por volta de 1350, e as abóbadas do interior foram terminadas em 1383, o que permitiu a dedicação definitiva do templo a 15 de agosto de 1384.
Na construção da igreja foram muito ativos os burgueses, guildas e trabalhadores do bairro da Ribera, que contribuíram com financiamento e também com trabalho gratuito. Assim, a imponente igreja testemunha o florescimento da zona da Ribera ao longo dos séculos XIII e XIV.
Ao longo dos séculos a igreja foi decorada com muitos altares que terminaram destruídos num incêndio em 1939. - in: wikipédia

TRIANGLE POSTALES www.triangle.cat * Foto: © Pere Vivas
A Platja de Somorrostro (praia de Somorrostro) é uma das praias de Barcelona mais frequentadas por estrangeiros. Marca a recuperação de uma parte da orla que anteriormente era ocupada por algo parecido a favelas, onde 15.000 pessoas moravam precariamente.
A praia fica entre o bairro de La Barceloneta e o Port Olímpic. Até há pouco tempo fazia parte da Platja de La Barceloneta. Tem 522 metros de comprimento e uma largura média de 89 metros. - in: http://www.passaportebcn.com/platja-de-somorrostro/

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Locais UNESCO do Canadá

Recentemente os Correios do Canadá publicaram uma colecção de postais com 5 locais UNESCO do país. Desses 5 faltavam-me 3 e foram esses 3 que troquei com a Émelie. Os postais são fantásticos e foram uma grande aquisição para a minha colecção, o que me chateia é que a Émelie só ainda recebeu 1 dos meus postais e já foram enviados há mais de um mês!! Espero mesmo que cheguem à caixa de correio dela.
Os locais apresentados nestes locais são as Falésias de Fósseis de Joggins, Parque Nacional de Miguasha e Parque Nacional Nahanni, classificados como Património Mundial em 2008, 1999 e 1978. 

 Photo: Joggins Fossil Institute © 2014 Canada Post
As Falésias de Fósseis de Joggins estão situadas na comunidade rural de Joggins, no oeste do Condado de Cumberland na Nova Escócia, sendo famosas pela sua extensa colecção de fósseis do período Pennsylvaniano do Carbonífero, de aproximadamente 300 milhões de anos atrás.
Joggins é conhecida pelos seus fósseis desde o início do século XIX. Os fósseis são encontrados nas camadas de carvão Pennsylvanian expostas nas falésias, com vista para a praia. Os fósseis consistem principalmente de samambaias, árvores pré-históricas e início da vida do mar. Maré alta diária corrói o penhasco, os fósseis de pedra caiem do carvão e são deixados na praia quando a maré recua
Joggins é um dos lugares do mundo onde é mais fácil encontrar fósseis de carvão do início do período Pennsylvaniano

 Photo: Parc National de Miguasha / Miguasha National Park SÉPAC © 2014 Canada Post
O Parque Nacional de Miguasha é uma área protegida, com 87,3 hectares, perto de Carleton-sur-Mer, no Québec. Foi criado em 1985 e foi declarado Património Mundial em 1999, por causa dos seus fósseis do período Devoniano.

Photo: Parks Canada / Parcs Canada © 2014 Canada Post
O Parque e Reserva Nacional Nahanni localiza-se nos territórios do Noroeste. O parque protege uma parte das Montanhas Mackenzie. O nome "Nahanni" vem dos povos indígenas Dene e significa "Espírito". O parque foi criado em 1976, sendo que em 1978 foi reconhecido como património Mundial pela UNESCO. Cobre uma área de 4766 km².
Este parque tem profundos canyons e grandes quedas de água, assim como um conjunto único de grutas cársticas. O parque abriga numerosas espécies de animais característicos da taiga, tais como o lobo, o urso cinzento, a rena e o carneiro de dall. Existe também a cabra montesa. - in: wikipédia

segunda-feira, 12 de maio de 2014

CA-430195

E esta semana começou com... muito ar na caixa de correio. Não chegou mesmo nada!! 
Há dias chegou este postal do Canadá com uma imagem do Parque provincial Kokanee que se situa nas Montanhas Selkirk na região West Kootenays, na Colúmbia Britânia.
No parque podemos encontrar lagos, pradarias, picos e minas de prata com um século de história. 

Photo by Don Lyon 
CA-430195, enviado pela Sue.
O Kokanee é um dos mais antigos parques provinciais na Colúmbia Britânica, foi criado em 1922.
O parque tem três glaciares (Kokanee, Caribou e Woodbury) que alimentam mais de 30 lagos alpinos, que por sua vez são a nascente de muitos riachos.

sábado, 10 de maio de 2014

US-2733208 & US-2733239

Oficiais dos Estados Unidos, o 1º com alguns dos faróis do Lago Erie e o 2º com o edifício do Capitólio dos EUA que se situa em Washington D. C. 

 Photos by John Penrod 
US-2733208, enviado pela Beckys.
Durante mais de um século, os faróis do Lago Erie guiaram navios para muitos portos da costa norte. Alguns deles foram restaurados e podem ser visto ao longo da costa desde Sandusky até Ashtabula. Outros estão em ruínas, enquanto que outros foram convertidos em museus.
No sentido dos ponteiros do relógio, eles são: Presque Island, Erie Land, Buffallo Main, Marblehead, Dunkirk, Conneaut, Cleveland e Barcelona. 

Photograph by Architect of the Capitol
US-2733239, enviado pela Jo.
O Capitólio dos Estados Unidos é o prédio que serve como centro legislativo do governo dos Estados Unidos. O Capitólio é o local de reunião do Congresso estadunidense, formado pelo Senado (câmara alta) e pela Câmara dos Representantes (câmara baixa). O Capitólio fica localizado no bairro Capitol Hill em Washington, D.C. e é um dos extremos do National Mall.
O edifício foi projectado originalmente por William Thornton, mas o projecto foi posteriormente modificado por Stephen Hallet, Benjamin Latrobe e, em seguida, Charles Bulfinch. A catual cúpula e as alas da Câmara e do Senado foram concebidas por Thomas U. Walter e August Schoenborn, um imigrante alemão, e concluídas sob a supervisão de Edward Clark.
O edifício é destacado pela sua cúpula central e pelas suas duas alas, cada qual para uma das câmaras do Congresso: na ala norte situa-se o Senado, enquanto na ala sul situa-se a Câmara dos Representantes. Acima destas câmaras encontram-se galerias a partir das quais os visitantes podem assistir as sessões. A estátua sobre a cúpula é a Estátua da Liberdade. - in: wikipédia

SG-137686

Reparei há dias que tenho pouquíssimos postais de Singapura, mas sinceramente, para além de grandes aranha-céus e um ou outro templo, não me parece que tenha muito mais para mostrar. 
Neste postal estão alguns dos vários aranha-céus desta cidade-estado e a roda gigante Singapore Flyer. 

Distributed by: Assiciated Marketing Agency PTE LTD © All Rights Rserved
SG-137686, enviado pelo Jonathan.
A Singapore Flyer é uma roda-gigante de observação localizada em Singapura. A cápsula final foi instalada no dia 2 de Outubro de 2007 e a roda de observação iniciou a sua rotação em 11 de Fevereiro de 2008 e foi aberta oficialmente ao público no dia 1 de Março de 2008. 
Atingindo 42 andares de altura, a Flyer compreende tem 150 metros de diâmetro, dando-lhe uma altura total de 165 metros. Ela é 5 metros mais alta que a The Star of Nanchang e 30 metros a mais que a London Eye. Cada uma das 28 cápsulas com ar-condicionado é capaz de transportar 28 passageiros cada, e uma rotação completa da roda demora aproximadamente 30 minutos. - in: wikipédia

terça-feira, 6 de maio de 2014

JP-498670

Falando em postais que demoram a chegar, este fez uma viagem de 63 dias. 
Neste postal podem ver-se duas maikos, num jardim em Quioto. As maikos são aprendizes de gueixas. Nesta fase inicial de aprendizagem estão ligadas a uma okiya através de um contrato. A okiya fornece comida, conselho, quimonos, obis e outras ferramentas de seu comércio. A sua formação é muito cara, e a sua dívida deve ser reembolsada à okiya com os ganhos que ela obtém. Este reembolso poderá continuar após a maiko se tornar uma gueixa de pleno direito e apenas quando as suas dívidas forem liquidadas ela estará autorizada a mudar-se para viver e trabalhar de forma independente.

JP-498670, enviado pela Yuka.
Esta fase pode durar anos. A Maiko aprende com sua mentora a segui-la a todos os seus compromissos. A relação da onee-san e imouto-san (literalmente "irmã mais velha / irmã mais nova") é importante. A onee-san ensina-lhe tudo sobre como trabalhar no hanamachi . A onee-san vai ensinar seus modos próprios de servir chá, tocar shamisen, dançar, ter uma conversa informal e muito mais. A onee-san vai ajudar a escolher o novo nome profissional da maiko com kanji ou símbolos relacionados com o seu nome.
Há três elementos principais na aprendizagem de uma maiko. O primeiro são as artes formais. Isto ocorre nas escolas para gueixa especiais que são encontrados em todos os hanamachi. O segundo elemento é o capacidade de entretenimento que a maiko aprende em casas de chá e à parte, observando sua onee-san. O terceiro é a habilidade social de se movimentar na complexa "teia social" da hanamachi. Isso é feito nas ruas. Saudações formais, presentes, e visitas são peças-chave de qualquer estrutura social no Japão e para uma maiko são cruciais, servindo para construir a rede de apoio que ela precisa para sobreviver como uma gueixa.
Maiko são consideradas um dos grandes pontos turísticos de turismo japonês, e parecem muito diferentes de uma gueixa totalmente qualificada. Elas estão no auge da feminilidade japonesa tradicional. Tudo é adornado nela para que incite a sexualidade, um dos pontos mais utilizados é a nuca. Em torno dos 20-22 anos, a maiko é promovida a gueixa de pleno direito numa cerimónia chamada eriage (mudança de colarinho). Isso pode acontecer após dois a cinco anos de sua vida como umamaiko ou hangyoku, dependendo em que idade ela estreou. Ela agora cobra o preço total para o seu tempo. A geisha permanece como tal até que se aposente. - in: wikipédia

HK-232001

Ontem recebi 4 postais e enviei outros tantos, hoje não enviei nem recebi nada mas pelo menos um dos oficias que enviei, chegou ao destino depois de 40 e tal dias de viagem! Este veio de bem mais longe e demorou metade do tempo a chegar à minha caixa de correio. 

HK-232001, enviado pelo Angus.
A Lion Rock, ou, menos formalmente, Lion Rock Hill, é uma famosa colina em Hong Kong. Ela está localizado entre Kowloon Tong em Kowloon e Tai Wai nos Novos Territórios e tem 495 metros de altura. O pico é composto de granito e escassamente coberto por arbustos.
Lion Rock é famoso pela sua semelhança com um leão deitado e oferece uma bela vista sobre a cidade e da ilha de Hong Kong à distância.

segunda-feira, 5 de maio de 2014

CN-1272038

Este foi um dos poucos postais que chegaram a semana passada. A imagem podia ter mais qualidade mas escapa por se tratar de um local na lista de tentativas da UNESCO. O Eixo Central, é a parte mais bem preservada da cidade antiga de Pequim. 
A cidade antiga de Pequim foi primeiro construída na dinastia Yuan (meados do século XIII), tendo-se desenvolvido e aperfeiçoado nas dinastias Ming e Qing (no início do século XIV ao início do século XX). Com uma história de oitocentos anos de desenvolvimento urbanoé a maior capital imperial ainda existente na China e um modelo clássico de planeamento urbano chinês. Como um exemplo notável de capital da China feudal, a antiga cidade de Pequim goza de uma posição de destaque na história mundial do desenvolvimento e planeamento urbano.

CN-127038, enviado pelo Tony.
O Eixo Central de Pequim tem 7,8 quilómetros de extensão, começando no sul da cidade a partir do portão de Yongding, atravessando o portão de Zhengyang, Praça de Tian'anmen, a Cidade Proibida, a colina Jingshan e terminando a norte com a Torre do Tambor e a Torre Sineira
maioria dos edifícios essenciais na antiga cidade de Pequim foram construídos ao longo do eixo. O Eixo Central organiza engenhosamente palácios imperiais, cidade imperial, templos e altares, mercados, ruas de tempos feudais e o complexo de Praça Tian'anmen, construído após a fundação da República Popular da China em 1949
É a mais representativa e importante secção da antiga cidade de Pequim e demonstra a magnífica ordem espacial do espaço urbano.

sábado, 3 de maio de 2014

Monte das Oliveiras - Jerusalém

Cada vez pagamos mais pelos serviços dos correios mas esses serviços estão cada vez piores. Tenho postais e envelopes a viajar há imenso tempo, ou melhor, por este andar devem é estar parados algures e não a viajar, porque não chegam a lado nenhum. Que frustração!! Isto de receber e enviar postais já teve melhores dias.

Recebi há dias este postal do Montes das Oliveiras em Jerusalém que a Ania me enviou da Polónia. Enquanto isso ela ainda está para receber o meu postal que já foi enviado há umas 2 ou 3 semanas!! 

Photographed by Garo Nalbaldian
Localizado na parte leste da Cidade Velha de Jerusalém, e separando-a do Deserto da Judeia, o Monte das Oliveiras é um dos mais proeminentes locais mencionados nas Escrituras Sagradas. 
Ele é mencionado no Novo Testamento como sendo a rota de Jerusalém a Bethany e o local favorito de Jesus para ensinar seus discípulos, e onde ele chorou por Jerusalém.
Acredita-se ser este o lugar por onde Deus começará a redimir os mortos quando o Messias chegar, os Judeus sempre procuraram ser enterrados aqui. As mais famosas dessas sepulturas que se encontram ao pé da montanha, no resplendor dos muros da Cidade Velha, incluem a sepultura de Zacarias, as tumbas dos filhos de Hezir e Yad Absalão. Um pouco mais afastado, entre as 150.000 sepulturas no cemitério Judaico, pode-se encontrar os  locais dos restos mortais do filósofo Judeu Nahmanides, o restaurador do idioma Hebraico Eliezer Ben-Yehuda, ex-Primeiro Ministro Menachem Begin, Chefe dos Rabinos Avraham Isaac Kook e Shlomo Goren, e do magnata da media Robert Maxwell. - in: http://www.goisrael.com.br/Tourism_Bra/Tourist%20Information/Christian%20Themes/Details/Paginas/The%20Mount%20of%20Olives.aspx