quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Saint-Savin sur Gartempe - França

Há uns meses atrás enviei um postal oficial para França que acabou por expirar. Passados mais de 200 dias depois de ter enviado o 1º, enviei um outro e esse chegou ao destino. Na mensagem de agradecimento para além de um merci, veio também a simpática oferta de um postal de Saint-Savin sur Gartempe, um dos locais UNESCO da França que me faltavam. Fiquei super contente com a oferta e foi assim que consegui mais um local novo. 

© M. G. Editions
Obra-prima da arte romana, a igreja da abadia de Saint-Savin sur Gartempe, situada no departamento Vienne, a 50 km a leste de Poitiers e no coração da região Poitou, abriga o mais amplo conjunto de pinturas romanas da Europa. A igreja da abadia, considerada monumento histórico desde 1840, passou a fazer parte em 1984 do Património Mundial da UNESCO.
Conhecida como a “Sistina romana”, a abadia de Saint-Savin possui na sua decoração diversas e magníficas pinturas murais dos séculos XI e XII, que conseguiram manter-se  incrivelmente intactas”, frisa o site da UNESCO.
Esses belos frescos, cuja demanda de realização foi feita pelos monges beneditinos nos séculos XI e XII, resistiram ao tempo graças à intervenção de Prosper Mérimée, que promoveu as primeiras campanhas de restauração em 1835
O conjunto da abadia inclui a igreja, o convento, a residência abacial e os jardins.
A igreja, de dimensões impressionantes (47 metros de comprimento), foi construída nos séculos XI e XII graças a uma doação de Aumode, condessa de Poitou. - in: http://www.france.fr/pt/arte-e-cultura/igreja-da-abadia-de-saint-savin-sur-gartempe

Sélestat - França

A Celina não perde um encontro de Taizé e no ano passado foi até Estrasburgo para mais um encontro europeu. 
Apesar de o encontro ser em Estrasburgo, ela ficou alojada, provavelmente numa família de acolhimento, em Sélestat. 

 Photo: Estel * Editions VALOIRE-ESTEL
Sélestat situa-se no centro da Alsácia, a 47 kms  de Estrasburgo e 22 de Colmar, na margem esquerda do Rio Ill.
Apesar de ser uma cidade pequena é uma das mais ricas e mais variadas em termos de arquitectura na Alsácia. 

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

FR-352903

Ille-et-Vilaine é um departamento francês localizado na parte oriental da região da Bretanha. Tal como diz a Sylvie, por ali não faltam castelos e estes são alguns deles. 

FR-352903, enviado pela Sylvie.
Os castelos são:
Fougères - com mais de mil anos de história, é uma das maiores fortalezas medievais da Europa. 
Le Bos - foi construído nos séculos XVII e XVIII por uma conhecida família de navegadores e mercadores que viviam na região. Le Bos representa o estilo arquitectónico típico região de Clos-Poulet durante o século XVIII.
La Bourbansais - construído no século XVI e remodelado no século XVIII, o Château de la Bourbansais é conhecido pelos seus jardins franceses. Actualmente abriga um zoológico particular com mais de 500 animais.
Combourg - foi originalmente construído no século XIII, embora tenha sido modificado nos dois séculos que se seguiram. Foi em 1761 que o castelo foi comprado pela família Chateaubriand (pais do escritor François-René de Chateaubriand). O castelo pertence a um dos descendentes do escritor e está aberto ao público. 
Caradeuc - situa-se nos limites da cidade de Plouasne e é um dos maiores da região.
Montmuran - outrora uma imponente fortaleza, hoje em dia é um châlet do século XIV. As suas pontes levadiças ainda funcionam. 
Rochers-Sévigné - a arquitectura deste castelo data de 1500. Actualmente alberga um museu, uma capela e um jardim francês. . 
Vitrédatado do século XIII, foi sede do Parlamento da Bretanha em três ocasiões no século XVI, quando a peste devastou Rennes. Hoje em dia abriga um museu onde se pode aprender mais sobre sua história e sobre a cidade, bem como admirar uma colecção de curiosidades do século XIX. 

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

US-2594697

Que postal mais fofo!! Gostei muito. 

Não é segredo para ninguém que muitas populações de ursos polares estão a desaparecer. As mudanças climatéricas têm destruído grande parte do gelo que estas criaturas necessitam para viver, tornando-se mais difícil para eles encontrar comida.
Existem 19 sub populações reconhecidas de ursos polares em todo o mundo. 5 destas sub populações estão em declínio e outras 7 podem estar para enfrentar o mesmo problema.

US-2594697, enviado pela Rori.
Apesar das ameaças, ainda alguns lugares onde os maiores predadores de terrestres do mundo podem ser vistos em grandes números. Em certas partes do Canadá, os cientistas acreditam que pode realmente aumentar a quantidade de ursos. A cidade de Churchill, Manitoba é muitas vezes referida como o "capital mundial do urso polar".
Durante o outono estima-se que cerca de 1200 ursos passem por Churchill durante a sua migração do interior para a Baía de Hudson. 
O melhor período para poder ver estas criaturas é durante Outubro e início de Novembro

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

US-2594699

Se há coisa que eu gosto de fazer é andar. Há uns anos atrás fazia imensas caminhadas com uns amigos, mas o tempo foi passando, os amigos começaram a ter vidas mais ocupadas e as caminhadas ficaram para trás. Já tenho saudades de andar pelo meio do mato. 

The Friends of Oscar Scherer Park Inc.
US-2594699, enviado pela Madeleine.
O Parque Estadual Oscar Scherer situa-se entre Sarasota e Venice, no sudoeste da Flórida.
A história do parque começou em 1955, quando Elsa Scherer Burrows, proprietária do Rancho South Creek morreu e o deixou em testamento ao estado da Flórida. A sua intenção era que fosse criado um parque em memória do seu pai, Oscar Scherer, responsável pelo desenvolvimento de um processo de tingimento de couro em sapatos em 1872. Em 1956 o parque estava pronto e aberto aos visitantes

domingo, 26 de janeiro de 2014

JP-479212

Este foi o último oficial recebido em 2013. Neve algures em Hokkaido, a segunda maior ilha do Japão. 

© Okada Mitsushi / amanaimages
JP-479212, enviado pela Chiaki.
Hokkaido tem verões relativamente frescos e invernos frios com neve e gelo.
No inverno, as montanhas e a qualidade da neve em pó, fazem com que Hokkaido seja uma região muito popular para os amantes dos desportos de neve. A queda de neve geralmente começa a sério em Novembro e estâncias de esqui estão abertas entre Dezembro e Abril
Hokkaido celebraa seu clima de Inverno no Festival de Neve de Sapporo.

CZ-389831

Se este ano conseguir finalmente ir à Rep. Checa, Para além de Praga e outros locais, também vou querer ir a Kutná Hora. 

www.unesco-czech.cz
CZ-389831, enviado pelo Guliver.
A cidade de Kutná Hora, a cidade de prata, possui um outro nome – tesouro nacional. A sua riqueza ajudou à prosperidade do Reino Checo. Graças à sua importância histórica e às jóias arquitectónicas, a cidade foi inscrita na lista do Património Mundial da Humanidade em 1995. 
O símbolo de Kutná Hora é a Igreja de Santa Bárbara em estilo gótico.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

PL-832428

Gosto muito de receber postais de locais onde já estive. Visitei o santuário de Jasna Góra, em Czestochowa, Polónia, quase há dois anos. 
Saudades da Polónia...

© paulinianum
PL-832428, enviado pela Michalina.
Mosteiro Jasna Góra em Czestochowa é o santuário mariano mais famoso da Polónia e o maior lugar de peregrinação do país, sendo considerado por muitos a sua capital espiritual. O ícone da Virgem Negra de Częstochowa, também conhecido como Nossa Senhora de Częstochowa, ao qual são atribuídos poderes milagrosos, é o tesouro mais precioso do mosteiro.
Torre do mosteiro, com mais de 106 metros de altura, pode ser vista a uma longa distância por aqueles que se aproximam do mosteiro e serve como um ponto de referência em Czestochowa. Anteriormente danificada por um incêndio, a parte mais recente da torre data do último século, mas as partes mais velhas são do início do século XVIII
Um relógio conta o tempo em cada um dos quatro lados da torre e a torre tem ainda o símbolo da Virgem e dos monges paulinos que fundaram o mosteiro.

BY-1095143

Há dias queixei-me de andar a receber poucos postais e valeu a pena queixar-me!! Só nesta semana já recebi mais postais do que nas últimas 3 juntas. Que bom!! Estou bem mais contente. Esta tem sido uma semana de nervos mas pelo menos o correio consegue animar-me. 

BY-1095143, enviado pela Alena.
Esta é a igreja de Stª Pokrovskaya, situada na aldeia de Korma, no distrito de Dobrush. Foi construída em 1907 e em 2000 foi convertida num mosteiro feminino. 

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Os "Três Irmãos" - Riga

Este é um postal da Letónia que estava nos meus favoritos. Foi enviado pela Svetlana e mostra 3 bonitos edifícios na capital Riga, conhecidos como os "Três Irmãos". ´

Os Três Irmãos são 3 edifícios em Riga que formam o mais antigo complexo de casas de habitação na cidade. As casas estão situadas nos números 17, 19 e 21 da rua Maza Pils  e cada um representa vários períodos de desenvolvimento da construção de casas de habitação.
O edifício do nº 17 é o mais antigo, datado do final do século XVO exterior do edifício é caracterizado pela empena, pela decoração gótica e alguns detalhes renascentistas. Originalmente o prédio consistia num quarto grande e um sótão usado como armazém. A casa foi restaurada em 1955-57 pelo arquiteto P. Saulitis.
A casa vizinha, a nº 19, tem um exterior datado de 1646, com um portal de pedra adicionado em 1746. O estilo do edifício mostra influências do Maneirismo holandês.
A última casa, a mais estreita, nº 21, é um edifício barroco que ganhou sua aparência actual provavelmente no século VII. 
Actualmente este complexo alberga a Inspecção para a Protecção do Património e  o Museu de Letão de Arquitetura. 

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Favoritos da Rússia

Há umas semanas a Tonya tagou-me numa tag de favoritos e ficou de me enviar um postal do Teatro Bolshoi. Pouco depois apercebeu-se que o postal que tinha para enviar não era exactamente igual àquele que eu tinha no meu album de favoritos. A imagem é praticamente a mesma, só falta mesmo a moldura à volta da imagem e o nome da cidade na frente. Para me compensar e pedir desculpa, enviou-me um segundo postal. Obviamente não era necessário mas foi um belo gesto da parte dela. 

 www.moscowpostcards.ru
O Teatro Bolshoi é um edifício histórico da cidade de Moscovo, capital da Federação Russa. Foi desenhado pelo arquitecto Joseph Bové (Osip Ivanovich Bové) para receber espectáculos de ópera e ballet. É sede da Academia Estatal de Coreografia de Moscovo, também conhecida como Academia de Ballet Bolshoi, sendo uma das mais antigas e prestigiosas companhias de dança do mundo.
O prédio principal do teatro, reconstruído e renovado diversas vezes na sua história, é um importante ponto turístico moscovita e de toda a Rússia (sua icónica fachada neoclássica é representada na nota de 100 rublos). Em 28 de Outubro de 2011, o Bolshoi foi reaberto depois de uma extensa renovação de seis anos que custou cerca de 21 biliões de rublos (cerca de 680 milhões de dólares americanos). A renovação incluiu a restauração da qualidade acústica original (que foi perdida depois de modificações levadas a cabo durante e época soviética), bem como a restauração da decoração que remonta à estética da Rússia Imperial.
O edifício do teatro foi inaugurado em 1825 no centro de Moscovo, próximo ao Kremlin. - in: wikipédia

© Published by M-ARTS, 2009 * © Photo & design by Mikhail Slavin, 2009
Esta é uma vista da aldeia de Varzuga, na Península de Kola, no Oblast de Murmansk. A Igreja da Assunção da Virgem, no centro da imagem, é uma das jóias da arquitectura russa em madeira. Foi construída em 1674. 

FI-1954807

Até agora este novo ano não está a ser grande coisa. Refiro-me a várias coisas, entre elas os postais. Têm chegado poucos. Costumava ter uma pilha de 40, 50 postais, ou mais para postar e neste momento apenas tenho 11. Os 3 que chegaram hoje já remediaram um pouco a situação. Isto talvez se explique pelo facto de fazer menos trocas privadas e pela demora da entrega do correio na época do Natal. Espero que nas próximas semanas apareçam mais postais na minha caixa de correio. 

Photographed & Published by Pentti Harala, Espoo
FI-1954807, enviado pela Eevakaa.
Este foi o último oficial da Finlândia a chegar em 2013. 
O Hvitträsk é um museu finlandês originalmente projectado para ser o estúdio dos membros da empresa de arquitectura Gesellius, Lindgren e Saarinen. Mais tarde tornou-se a residência privada de Eliel Saarinen. Fica localizado a cerca de 30 quilómetros oeste de Helsínquia.
O projecto foi desenvolvido e a construção começou durante o ano de 1902

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

GB-494301

Daqui a pouco mais de 2 meses vou poder tirar uma foto assim! Será que alguma das minhas companheiras de viagem tem um casaco vermelho?? Alguém que leve um, sff.
Sim, vou a Londres, quer dizer ainda nem marquei férias nem nada, mas isso é um pormenor. Hei-de ir de certeza. 
As cabines de telefone vermelhas que frequentemente associamos a Londres e a todo o país, foram desenhadas por Sir Giles Gilbert Scott. Para além do Reino Unido também é frequente encontrá-las em Malta, nas Bermudas, Gibraltar e noutras colónias britânicas.  

GB-494301, enviado pela Vicky.
Rua Broad, Convent Garden.
Uma fila das típicas cabines de telefone desenhadas por Giles Gilbert Scott, que ganhou um concurso organizado pelos Correios, para criar cabines em 1924. As K2 de 1926 foram feitas com ferro fundido e pintadas de vermelho, apesar de Scott ter especificado que deviam ser feitas com aço de carbono e  pintadas de prateado, com um interior azul esverdeado. 

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Neve em Oxford - Inglaterra

Quando o Miguel foi a Oxford não era neve que lá havia, era chuva! 
Não gosto nada de chuva quando ando a passear, espero ter sorte em Londres, mas se calhar e tratando-se de Londres, já é pedir demais. Logo se vê.... 

www.snowflakebook.co.uk 
Alguns factos sobre a cidade:
* Facto #1 - A cidade das torres sonhadoras
Matthew Arnold apelidou Oxford como a "cidade das torres sonhadoras" devido à arquitectura dos edifícios da famosa Universidade de Oxford.
* Facto #2 - Mulheres não permitidas
As primeiras faculdades de Oxford foram construídas no século XIII, mas foi só 1878 que as mulheres foram admitidas na Universidade, em 1920 começaram a receber diplomas e em 1974 a última faculdade só de homens abriu as portas às mulheres.
Facto #3 - A lenda de Frideswide
Diz a lenda que Oxford começou através de uma bela e piedosa jovem princesa chamada Frideswide. O seu sonho era tornar-se freira mas foi ameaçado por um rei que queria casar com ela, Frideswide fugiu para Oxford. O Rei seguiu-a, mas quando ele atingiu os limites da cidade, ele ficou cego. Depois de implorar seu perdão, libertou-a de se casar com ele e a sua visão foi restaurada
Frideswide fundou um convento no local onde está hoje a Catedral da Igreja de Cristo. As primeiras faculdades foram construídas ao redor do convento como lugares de aprendizagem para os estudiosos monásticos.
* Facto #4 - Hitler e Oxford
Hitler tinha a intenção de usar Oxford como sua capital se conquistasse a Inglaterra, essa é uma das razões pelas quais a cidade não foi bombardeada.
* Fato #5 - Visite o Ashmolean em 1683
O Museu Ashmolean de Oxford foi o primeiro museu no mundo a ser aberto ao público, em 1683 quando foi oficialmente inaugurado, de acordo com o Livro do Guinness. 

sábado, 11 de janeiro de 2014

NL-2234352 & NL-2234384

Apesar destes postais terem sido enviados por pessoas diferentes e de diferentes cidades, foram escritos no mesmo dia, enviados no mesmo dia e recebidos no mesmo dia. 

 © Donker Utrecht
NL-2234352, enviado pela Maryn.
Subir a torre de Dom é uma óptima oportunidade para explorar a cidade de Utrecht, de uma forma totalmente diferente! Através de 465 escadas (não nenhum elevador), um guia irá levá-lo ao topo da torre mais alta igreja na Holanda. A meio do caminho, podem ver-se os sinos históricos com um peso total de cerca de 32.000 kg. No piso seguinte encontra-se o carrilhão de Hemony do século XVII
O topo da torre oferece uma vista espectacular sobre a cidade e província de Utrecht.

© Aad Schenk
NL-2234384, enviado pela Martha.
Quando for à Holanda tenho que visitar estes moinhos em Kinderdijk.
O complexo de moinhos de vento de  Kinderdijk foi adicionado à lista de Património Mundial da UNESCO em 1997. A UNESCO considera esta área uma prova do génio humano em recuperar e proteger terra. Este é o reconhecimento mundial de que esta área original deve ser preservada para o futuro.
Estes moinhos de vento fazem parte de um fenómeno único. Em mais nenhum outro lugar do mundo se pode encontrar a história completa da gestão da água num único local. Os moinhos de vento e estações de bombeamento drenam o excesso de água da Alblasserwaard no Rio Lek, através das comportas Elshout e a água é posteriormente descarregada no mar.