quarta-feira, 31 de julho de 2013

Lumbini - Nepal

O Nepal tem 4 locais na lista do Património Mundial e eu já os tenho todos. Recebi há dias este postal de Lumbini, enviado pelo Johnson. Lumbini, o local do nascimento de Buda, entrou para a lista em 1997.

Lumbini é uma localidade do Distrito de Rupandehi, no sul do Nepal. 

 Photo © Jagadish Tiwari 
Siddhartha Gautama, Buda, nasceu em 623 A. C. nos jardins de Lumbini, que logo se tornaram um local de peregrinação. Acredita-se que um templo e uma piscina descobertos no sítio sejam originais do tempo em que Buda nasceu.

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Forte de Galle - Sri Lanka

Um dos poucos postais recebidos a semana passada foi este do Sri Lanka, enviado pela(o) Du. Com este postal do forte e do farol de Galle, tenho mais um local UNESCO deste país. Só já faltam 2!!
Galle é uma cidade situada no extremo sudoeste do Sri Lanka, a 119 km de Colombo.
Galle era conhecida como Gimhathiththa antes da chegada dos portugueses no século XVI, quando era o principal porto da ilha. O auge do seu desenvolvimento aconteceu no século XVIII, durante o período colonial holandês.
Galle é o melhor exemplo de uma cidade fortificada construída pelos portugueses no Sul e no sudeste asiático, mostrando a interação entre os estilos arquitectónicos portugueses e tradições nativas. O forte de Galle é um Património Mundial da UNESCO e a maior fortaleza restante na Ásia, construída pelos ocupantes europeus.

 O Forte de Galle, na Baía de Galle foi construído originalmente em 1588 pelos portugueses e, em seguida, extensivamente fortificado pelos holandeses a partir do século XVII. É um monumento de património histórico, arqueológico e arquitectónico, que mesmo depois de mais de 423 anos se mantém em bom estado de conservação, devido ao trabalho de reconstrução feito pelo departamento arqueológico do Sri Lanka.
O forte tem uma história colorida, e hoje tem uma população multiétnica e multirreligiosa. O valor do património do forte foi reconhecido pela UNESCO, tendo sido inscrito como Património Mundial da UNESCO em  1988. A organização descreve o local como "um conjunto urbano que ilustra a interação de arquitectura europeia e as tradições do Sul da Ásia do século XVI ao século XIX."
 
O Farol de Galle, encontra-se dentro do forte e é o farol mais visitado do país. Esta é a estação de luz mais antiga do Sri Lanka, datado de 1848, mas o farol original foi destruído por um incêndio em 1934.
É operado e mantido pela autoridade de portos de Sri Lanka.

TR-144214

Começa mais uma semana e espero que esta traga mais postais que a semana passada. Daqui a pouco já vou ver a caixa de correio.
Para começar em semana em beleza, tenho esta bela vista nocturna de Istambul mostrando a Mesquita Azul.


© Copyright by KESKIN COLOR KARTPOSTALCILIK A. S.
TR-144214, enviado pela Ece.
Se estão a pensar ir até Istambul e querem visitar a Mesquita Azul, deixo aqui alguns informações úteis, que convém saber antes de a visitar.
- As orações diárias acontecem cinco vezes por dia, começando com a 1ª chamada para rezar ao nascer do sol  e a última ao cair da noite. A mesquita fecha durante 90 minutos em cada oração. É aconselhável evitar visitar a mesquita durante as orações (especialmente durante a do meio-dia às sextas-feiras), ou durante a meia hora seguinte após o adhan, chamada para a oração, feita através dos minaretes da mesquita.
- Antes de entrar na mesquita, retire os sapatos e coloque-os num saco de plástico fornecido à entrada. Tanto estes sacos de plástico como a entrada na mesquita são grátis.
- As mulheres devem cobrir a cabeça ao entrar na mesquita. À entrada são fornecidos lenços, gratuitamente, para cobrir a cabeça. Deve colocar-se o lenço sobre a cabeça e com um dos lados, enrolá-lo à volta do pescoço, cobrindo os ombros. O lenço apenas serve para tapar o cabelo, não deve tapar a cara.  
- Dentro da mesquita não se deve utilizar flash ao tirar fotografias. Este é um local de culto, deve evitar olhar e tirar fotografias a quem está a rezar. Pede-se que se visite o local de forma sossegada e silenciosa de modo a não incomodar quem faz as suas orações.
No fim da visita os sacos de plástico devem colocar-se nos devidos recipientes e os lenços devolvidos.

domingo, 28 de julho de 2013

Svaneti - Geórgia

Com este postal enviado pela Sini, tenho 3 postais da Geórgia e todos eles de locais UNESCO, os 3 únicos locais UNESCO do país. Mais um país que tirei da lista de faltas!!


Photo by Miriam Kiladze
O Svaneti é uma região histórica no noroeste da Geórgia. Chamada de Suânia nas fontes antigas, a região foi tradicionalmente habitava pelos svans, uma subdivisão étnica dos georgianos. Preservado pelo seu longo isolamento e inacessibilidade, esta região do Cáucaso é um excepcional exemplo da mistura de uma paisagem montanhosa com aldeias medievais e casas-torres.
O Alto Svaneti foi declarado Património Mundial da Humanidade em 1996. - in: wikipédia
O postal mostra parte da aldeia de Ushguli.

Postais do Uzbequistão

Não é todos os dias que recebe um postal do Uzbequistão e muito menos 3. Há uns dias recebi estes, enviados directamente de lá, pela Yuliya que me propôs uma troca. Recebi os postais dela muito rapidamente e espero que os meus chegam ao destino o mais breve possível.

O casamento assume um grande significado na vida dos uzbeques, sendo celebrado com grande solenidade e do qual constam vários rituais que devem ser executados sem falhas.
Depois de o Mulá  ter lido as orações aos noivos e os declarar marido e mulher, o casal dirigi-se ao registo civil para registar oficialmente o casamento.
Neste postal está o momento mais importante de um casamento tradicional uzbeque, o momento em que a noiva deixa a casa dos pais para ir para a casa do noivo.
Na manhã seguinte à festa do casamento, a noiva é recebida pela sua nova família. Os pais do noivo, faliares e amigos oferecem prendas às noiva e esta agradece com uma vénia.  
 
 A Yuliya vive em Tashkent, a capital do Uzbequistão e de onde é este postal. Mostra a Mesquita Jemi, a 3ª maior do país.
Apesar de ser um edifício moderno, esta mesquita tem uma história antiga. Foi fundada em 1451 por Ubaidullah Hoja Ahror, um descendente do Profeta Maomé.
Em 1868 foi destruída por um terramoto tendo sido reconstruída pelo czar russo Alexandre III.

Este é um postal de Bukhara e que mostra uma das atrações da cidade, o Minarete Kalyan, que faz parte da mesquita  Po-i-Kalyan.
Foi construído em 1127 com o objectivo de chamar os muçulmanos para as cinco orações diárias. Tem 45.6 metros de altura.  
Cem anos após a sua construção, impressionou de tal maneira Genghis Khan que este ordenou que fosse poupado quando tudo à sua volta foi destruído pelos seus homens.  
O minarete também é conhecido como "Torre da Morte", porque até ao início do século XX, alguns criminosos foram executados sendo atirados do alto da torre.  

terça-feira, 23 de julho de 2013

Volgogrado - Rússia

E quanto a postais russos, estamos conversados. Só faltava mesmo este de Volgogrado, enviado através de uma troca no site oficial.

Volgogrado conhecida entre 1598 e 1925 como Tsarítsin e, entre 1925 e 1961 como Estalingrado, é uma cidade da Rússia, capital administrativa do óblast de Volgogrado, no sul do país. Estende-se por cerca de 80 km, na margem ocidental do rio Volga.
Tem cerca de 1 milhão de habitantes. Foi fundada em 1589 com a designação de Tsarítsin, por se ter originado de uma fortaleza junto às margens do rio Tsaritsa. Em 1925 passou a chamar-se Estalingrado, por decisão do XIV Congresso do Partido Comunista da União Soviética, para homenagear o então secretário-geral do partido, Josef Estaline, por aqui ter derrotado, em 1920, à frente das tropas do Exército Vermelho, o general Anton Ivanovitch Denikin, comandante do Exército Branco.
Em fevereiro de 1956, após o processo de desestalinização posto em prática no governo de Nikita Khruschov, passou a chamar-se Volgogrado, por decisão do XX Congresso do Partido Comunista da URSS.
A batalha de Stalingrado teve lugar nesta cidade no inverno de 1942, com êxito do exército soviético sobre as tropas alemãs nazistas, desgastadas pelo inverno rigoroso típico da região. - in: wikipédia

domingo, 21 de julho de 2013

Oficiais da Rússia & BY-935800

E assim só num post, despacho uns quantos postais russos. O último foi enviado como oficial da Bielorrúsia mas trata-se de um postal russo.

RU-1806708, enviado pela Julia.
Este é um postal de Izhevsk, a capital da República Udmurt Republic, nos Urais Ocidentais. 
A catedral é a Catedral Ortodoxa Alexander Nevsky. Foi construída entre 1818 - 1823 em estilo neoclássico.
 
 RU-1780077, enviado pela Olga.
De Moscovo chegam quase sempre postais de catedrais, que eu adoro, ou do Kremlin, mas desta vez chegou algo diferente.
Torre Ostankino é uma torre de rádio e televisão em Moscovo. Com 540 metros de altura é a torre de comunicações mais alta da Europa e a 4ª mais alta do mundo. 
Foi  construída entre 1963-1967, para celebrar para marcar o 50º aniversário da Revolução de Outubro.
 
 RU-1742920, enviado pela Masha.
Outro postal de Moscovo mas este com várias vistas da cidade.

 RU-1714898, enviado pela Elena.
Este é o Mosteiro Tolga em Yaroslav. O mosteiro tem quase 700 anos mas os actuais edifícios datam de 1670.
Os soviéticos fecharam o mosteiro em 1926 e os edifícios tiveram várias finalidades, incluindo um centro educativo, um hospital durante a Segunda Guerra Mundial e um centro correcional para delinquentes juvenis.
Em 1987 foi devolvido à Igreja Ortodoxa Russa e agora é um convento.
 

 RU-1674612, sent by Svetlana.
Mais um mosteiro e que agora também é um convento. Situa-se a 100 km de Nizhny Novgorod. Trata-se do Convento Ortodoxo Zheltovodsky Makaryev.
Terá sido fundado no século XV por S. Macário.  Em 1439 foi incêndiado tendo sido reconstruído por um monge em 1620.
A maior parte do dos edifícios foram construído em pedra entre 1651 - 1667. Todo o complexo está rodeado por uma muralha formando um quadrado com 200 metros de cada lado.
O mosteiro perdeu importância e a sua principal fonte de rendimento, quando a Feira Makaryev foi transferida para Nizhny Novgorod. Os monges começaram a partir.  Além disso, no início do século XIX, o rio Volga mudou o seu curso e a erosão causada pelas águas destruiu alguns edifícios.  Preocupada com a segurança dos monges, a diocese de Nizhny Novgorod e as autoridades locais fecharam o mosteiro e em 1869 a comunidade monástica foi dissolvida.
Alguns anos depois o rio voltou a mudar de curso e deixou de ameaçar o complexo. Em 1882 o mosteiro voltou a funcionar, agora como um convento de freiras.
Após a Revolução de Outubro, os Bolcheviques nacionalizaram as propriedades monásticas e em 1927 as freiras foram expulsas do convento. 
Entre 1928–1929, os edifícios foram usados como orfanato. Durante a Segunda Guerra Mundial funcionou como hospital militar e em 1943 passou a ser uma escola veterinária.
Foi em 1992 que o Convento  Zheltovodsky Makaryev da Santíssima Trintade foi devolvido à diocese de Nizhny Novgorod. Em 2006 viviam lá 22 freiras. 
 
BY-935800, enviado pela Alena.
O Kremlin de Smolensk cerca o centro da cidade de Smolensk, na parte ocidental da Rússia. A muralha foi construída entre 1595 e 1602, durante o reinado dos czares Fyodor I Ioannovich e Boris Godunov. O comprimento das muralhas é de cerca de 6,5 km, dos quais menos de metade foi preservado.
O Kremlin de Smolensk é classificado como um monumento arquitectónico protegido a nível federal.

Igreja da Proteção da Stª Virgem - Bielorrússia

Quando estou mais liberta de trocas e postais oficiais, vou participando nas tags e em especial nas dos favoritos. Foi numa dessas que consegui este postal da Bielorrúsia.

Esta é a Igreja da Proteção da Stª Virgem que se encontra no Museu de Arquitectura Popular e Vida Rural da Bielorrússia. Situa-se a 4 km de Minsk e foi aberto em 1976.
Este museu ao ar livre apresenta 35 monumentos de arquitectura popular, datados dos séculos XVII até ao início do século XX, de diferentes regiões históricas e etnográficas da Bielorrússia.  

sábado, 20 de julho de 2013

Oficiais da Ucrânia

Assim só duma vez, aqui ficam quatro oficiais ucranianos.

Photo by My Postcard Studio
UA-630904, enviado pela Valeria.
Gostei muito deste postal, passou a ser um dos meus favoritos da Ucrânia. Mostra a Fortaleza de Medzhybizh no oeste da Ucrânia, construída na década de 1540 como um baluarte contra a expansão otomana.
De acordo com a lenda nas passagens subterrâneas da fortaleza carruagem dourada escondida e carroças com prata. Alguém quer lá ir ver se é verdade?


 UA-658427, enviado pelo Sergey.
Neste postal temos a Igreja da Exaltação da Santa Cruz em Kamianets-Podilskyi e parte do castelo da cidade.
A igreja foi construída entre 1799 - 1801. O castelo figura na lista de tentativas da UNESCO e é uma das 7 Maravilhas da Ucrânia.
Author: Oleg Totskiy
UA-610034, enviado pela Anna.
Por falar em maravilhas, o Pechersk Lavra em Kiev também é uma das 7 Maravilhas da Ucrânia.
UA-640954, enviado pela Elena.
Ainda em Kiev, agora um postal com o Mosteiro de S. Miguel das Cúpulas Douradas em duas épocas diferentes.

quarta-feira, 17 de julho de 2013

MO-21175

Aqui está uma novidade no que diz respeito aos postais oficiais, o meu 1º da Moldávia e apenas o meu 3º deste país.
Esta é a igreja ortodoxa de Stª Maria em Orheiul Vechi.

Foto: V. Galperin
MO-21175, enviado pelo Vladimir.
A igreja de Stª maria faz parte do mosteiro de Orheiul Vechi, que se situa a 10 km sudeste da cidade de Orhei.
Este mosteiro foi construído num penhasco de calcário maciço. O Mosteiro da Caverna, foi escavado por monges ortodoxos, no século XIII. Permaneceu habitado até ao século XVIII, e em 1996 alguns monges voltaram para este lugar isolado de culto e estão a reconstruí-lo aos poucos.
A face do penhasco é pontilhada com o que parecem ser buracos; a maioria destes são cavernas e lugares de culto escavados ao longo dos milénios.
 Em 1905 foi construída uma igreja acima do solo, dedicada à ascensão de Stª Maria. A igreja foi encerrada pelos soviéticos em 1944 e permaneceu abandonada durante o regime comunista. Os serviços religiosos voltaram à igreja em 1996, embora o local pareça ainda um pouco abandonado.

domingo, 14 de julho de 2013

RO-63952

Gosto tanto de receber postais que estão na minha galeria de favoritos. Neste caso, quando este postal foi enviado, ainda não estava nos favoritos, foi uma coincidência tê-lo recebido e gostei muito. Adoro ver como as igrejas, mosteiros e outros edifícios religiosos, são diferentes de país para país. 

RO-63952, enviado pela Elena.
O Mosteiro de Putna é um mosteiro ortodoxo romeno, um dos mais importantes centros culturais, religiosos e artísticos estabelecidos na Moldávia medieval. Tal como tantos outros, foi mandado construir pelo Príncipe Estêvão o Grande.  
No mosteiro encontram-se os túmulos de Estêvão, hoje um lugar de peregrinação, e de vários membros da sua família. O Mosteiro de Putna abriga os túmulos de Estevão  hoje em dia, um lugar de peregrinação e vários membros de sua família
A construção do mosteiro começou após Estêvão ter ganho uma batalha em 1466; a igreja foi dedicada à Virgem Maria.  

O mosteiro ficou concluído em três anos, mas a consagração só aconteceu um ano mais tarde porque entretanto os moldavos se envolveram noutra batalha.  Em 3 de Setembro de 1470, durante uma cerimónia com a presença de Estevão e toda a sua família, o mosteiro foi consagrado e posteriormente tornou-se o mais importante sítio religioso na área.
A actual igreja foi praticamente reconstruída entre 1653 e 1662 por Vasile Lupu e seus sucessores. Embora o edifício siga o plano das igrejas típicas moldavas dos séculos XV e XVI, tem muitas características arquitectónicas e decorativas que são características da arquitectura do século XVII.

Gruta Magura - Bulgária

Hoje o Postcrossing faz 8 anos! Parabéns!!!! 
Preferia muito mais estar a festejar este aniversário em Aveiro, no encontro tuga, do que festejar esta data assim. Mas enfim, não pode ser de outra maneira. 
Sendo hoje o aniversário do postcrossing, mostrar alguns postais que têm chegado à minha caixa de correio, também é uma bela maneira de celebrar, não é? Então aqui fica um da Bulgária enviado pela Lilia. 

UNICART
Voltei a fazer uma troca com a Lilia e desta vez, para além de postais de locais já UNESCO, trocámos também de locais que podem vir a ser Património Mundial, uma vez que estão na lista de tentativas. 
A Gruta Magura é uma das maiores e mais bonitas grutas da Bulgária. 
A gruta situa-se perto da aldeia de Rabisha, no distrito de Vidin. O início da formação da gruta data de há 15 milhões anos atrás e situa-se  uma colina. Lá dentro existem várias salas e galerias que foram habitadas durante a idade do Bronze e que contêm restos de assentamentos e desenhos nas paredes. As gravuras nas paredes do salão maior testemunham a existência de vida desde 3100 até 900 anos antes de nossa era - ou seja, a idade do ferro. Numa das galerias pode ser visto um grande número de desenhos rituais, que estão entre as obras-primas da arte pré-histórica tardia na Europa.
Esta gruta foi declarada um monumento de cultura e um notável sítio natural.

sábado, 13 de julho de 2013

Praça do Rei Tomislav - Zagreb

Mais dois postais da Croácia. O 1º também foi enviado pela Manuela mas o 2º foi comprado por mim quando estive em Zagreb há uns anitos atrás. Ambos mostram a Praça do Rei Tomislav. 

Esta praça é dominada pela estátua do Rei Tomislav, o 1º rei croata que governou o país entre 910 até 928, primeiro como duque da Croácia Dalmácia (910-925) e depois como rei do Reino Croata (925-928).  

Para além da estátua, situa-se nesta praça a estação de caminhos de ferro, a maior do país, e o Pavilhão das Artes. O pavilhão foi construído em 1898 a partir da estrutura do pavilhão croata que esteve presente na Exposição do Milénio em Budapeste. 
O seu estilo mistura elementos clássicos com alguns traços de Art Nouveau.
É a galeria mais antiga do sudeste da Europa e a única galeria da cidade construída propositadamente com o objectivo de receber exposições em grande escala.