terça-feira, 27 de março de 2012

BY-370641 & BY-390716

Agora dois oficiais da Bielorrússia.


BY-370641, enviado pela Kate.
Esta trata-se de uma paisagem típica da região de Vitebsk, no norte do país.



BY-390716, enviado pela Liza.


Esta é a torre sudoeste do Castelo Mir. No cimo da torre existem máquinas que serviam para atirar pedras e água a ferver. A torre está preservada tal qual era no século XVI, quando o castelo foi construído.

Castelo Cimburk - Rep. Checa

"Que bonito castelo!" - pensei eu quando recebi hoje este postal. Na verdade este castelo não existe, ou melhor, hoje em dia o que existe são apenas ruínas. Este seria o seu aspecto em 1650.

Este postal foi uma surpresa da Evelina, a quem enviei um postal oficial há tempos e que depois me quis enviar um postal. Enviou-me um outro castelo e agora este.

O castelo, situado na região da Morávia do Sul, foi originalmente construído em estilo gótico entre 1327 – 33 e mais tarde reconstruído em 1468 e 1655. Foi abandonado em 1702.

Os meus postais da Polónia

Há uma semana estava na Polónia, mais concretamente em Varsóvia. Fui dia 15 vim dia 20 e foram 5 dias fantásticos. Foi divertido, foi emocionante, foi uma grande aventura. Deixa muitas saudades e sobertudo a vontade de voltar. Eu vou voltar de certeza porque quero conhecer outras cidades no norte do país e voltar a Cracóvia.

© copyright projektu graficznego Wydawnictwo Parma Press

O programa da viagem incluiu aterragem em Varsóvia, uma viagem de 3 horas de comboio, em pé (sim em pé), até Cracóvia. Visita a 2 castelos no Parque Nacional Ojcow, Minas de Sal em Wieliczka e a visita mais importante, Campos de Concentração Auschwitz-Birkenau. No regresso a Varsóvia passámos ainda por Czestochowa e pelo castelo Olsztyn.

Copyright by Panstwowe Muzeum Auschwitz-Birkenau, Foto: Jaroslaw Mensfelt

Este é daqueles postais que gostava que não existissem. Mas já que existem, que sirvam para lembrar o que se passou, para que não volte a acontecer.

A razão principal desta viagem foi mesmo a visita a Auschwitz. Já sabia que ia ser uma visita emotiva e de facto foi. Não é de ânimo leve que se entra, por exemplo, numa câmara de gás onde foram mortas milhares de pessoas.

Enviei para mim este postal com a porta de entrada do campo de Auschwitz II - Birkenau, mais conhecida pelos prisioneiros como "Porta da Morte".

Os Nazis deram início à construção deste campo no Outono de 1941 na localidade de Brzezinka, situada a 3 km de Oswiecim, onde se encontra o campo de Auschwitz I.

Em Birkenau foi instalada a maior parte da maquinaria de extermínio e nele assassinadas a maior parte das vítimas do campo.

A maioria dos prisioneiros chegava ao campo de comboio depois de uma terrível viagem, em vagões de carga, que durava vários dias. A partir de 1944, estendeu-se a linha para que os comboios chegassem directamente ao campo. Era nesta entrada que os médicos das SS faziam a selecção dos deportados. Eram metidos em 2 filas separadas: uma para as mulheres e crianças e outra para os homens. Entre estes os fortes e saudáveis eram separados dos idosos, doentes, das grávidas e das crianças. Os declarados aptos para trabalhar ficavam no campo, os restantes (70-75%) eram conduzidos às câmaras de gás.

O objectivo principal do campo não era o de manter prisioneiros como força de trabalho (caso de Auschwitz I) mas sim de exterminá-los. Para cumprir esse objectivo, equipou-se o campo com quatro crematórios e câmaras de gás que podiam receber até 2.500 prisioneiros por turno.

As câmaras de gás de Birkenau foram destruídas pelos nazis em novembro de 1944 com a intenção de esconder as actividades do campo das tropas soviéticas. Em 17 de janeiro de 1945 os nazis iniciaram uma evacuação do campo. Perto de 7.500 prisioneiros (ou 3.000 segundo outras fontes), pesando entre 23 e 35Kg, foram liberados pelo Exército Vermelho em 27 de janeiro de 1945.

sábado, 24 de março de 2012

Favoritos da Alemanha

Há tempos a Sabine "bine" fez-me tag 2 vezes num curto espaço de tempo e era suposto enviar-me 4 postais. Isto já foi em Janeiro e só ainda chegaram este 2. Eu dei-lhe um toque quando agradeci estes e espero que ela os envie. É que ainda por cima são 2 postais de 2 castelos bem giros e os castelos são sempre bem vindos.

Foto: P. Eckert

A Igreja de S. Colomano, é uma famosa igreja barroca localizada perto da aldeia de Schwangau. Tendo sido local de peregrinações religiosas desde o século XV. A 1ª capela foi construída entre 1350 e 1400.

Foto: W. Schneider
Este é um postal de Ingolstadt, uma cidade na Baviera e que mostra uma das atrações da cidade, a Kreuztor, que é a entrada ocidental para o centro medieval da cidade. Foi construída em 1385.
Das 4 portas que existiam na cidade, apenas esta e a Feldkirchnertor sobreviveram.

NL-1081180 & NL-1086632

Mais 2 oficiais da Holanda com a particularidade de nenhum deles ser de lá. O 1º é da Alemanha e o 2º da Escócia.

© Scöning GmbH & Co - Foto:Bildarchiv Cramer


NL-1081180, enviado pela Marlies.

Não gosto nada de não poder identificar os locais mostrados nos postais. Não há nada no postal que possa dar uma pista. Trata-se apenas de um farol algures na Alemanha.

NL-1086632, enviado pela Miranda.

A foto deste postal foi tirada pela própria Miranda algures na Escócia. Eu perguntei-lhe onde exactamente mas ela só sabe que foi numa aldeia a 20 km's de Glasgow. Já fiz umas quantas pesquisas mas não deram em nada.

NL-1103573 & NL-1105713

Nas últimas semanas tenho recebido vários postais oficiais da Holanda. Estou para receber mais uns quantos, por isso talvez vá receber mais holandeses.


Art Unlimited

NL-1103573, enviado pela Yvonne.
A Yvonne enviou um postal de Monnickendam, uma aldeia piscatória na província da Holanda do Norte.


NL-1105713, enviado pela Jetty.

Este é um dos vitrais da Igreja Velha de Delft, uma cidade na província da Holanda do Sul, a 9 km de Haia e 18 de Roterdão. É a terra natal do pintor Johannes Vermeer e que se encontra sepultado nesta igreja.

RR Alternativo - Fevereiro (IV)

E estes são os últimos 5 postais deste RR.



Este foi o 2º postal repetido deste RR, mas ao contrário do dos EUA, o outro postal que tenho não está em branco :( Paciência. Foi enviado pela Lena "skliu".

Este é o castelo Mir, um dos Patrimónios Mundiais da Bielorrússia.

Globetrotter GmbH


Depois de um castelo, outro castelo, o de Vaduz no Liechtenstein. Foi enviado pela Grace "azzurri".

Edition Mage


Agora um farol françês, o farol do Cap Griz Nez, localizado no cabo com o mesmo nome em Côte d'Opale, no departamento de Pas-de-Calais, no norte da França. Foi construído em 1837 e destruído em 1944 durante a Segunda Grande Guerra. Foi posteriormente reconstruído em entrou novamente em funcionamento em 1958. O postal foi enviado pela Veronique "sunsky".


Foto: Neil J. Leed 1998


Mais um farol da Austrália. O farol Split localiza-se em Aireys Inlet, uma pequena vila na Great Ocean Road, Victoria, Austrália.
O farol foi construído em 1891. Está aberto a visitas apenas 1 dia por ano e diz-se que está assombrado pelos antigos faroleiros.

O postal foi enviado pela Alisson "aussiebear".

E o último postal deste RR veio da Ucrânia, mais concretamente da Crimeia. Foi enviado pela Olga "olenenka" e mostra o maciço Demirji, parte da Cordilheira das Montanhas da Crimeia.

RR Alternativo - Fevereiro (III)

Já que estou de férias há que aproveitar o tempo livre para actualizações. Sendo assim, seguem-se mais 2 postais com postais do RR Alternativo de Fevereiro. Neste aqui estão postais da Austrália, da Itália, Holanda, Rússia e EUA.


© Tim Sylvester

Apesar deste ser um postal da Austrália, foi enviado de Inglaterra pelo Andy "duplevista". Trata-se do farol do Cabo Couedic, na Ilha Kangaroo, nas costas do estado da Austrália do Sul. Foi construído entre 1906-1909 com cerca de 2000 pedaços de pedra local.


Outro postal que não foi enviado do seu país de origem. A Helena "helenafl" é da Holanda mas enviou um postal de Nápoles, onde eu estive em 2010.
Nápoles localiza-se no sul de Itália, na região da Campania. É a terceira maior cidade do país, em termos de população, após Roma e Milão. É conhecida mundialmente pela sua história e por ser a terra natal da pizza. O seu centro histórico está classificado como Património Mundial da Humanidade.

Foto: Zefa Beneluxpress
Da Holanda, uma paisagem de inverno, enviada pela Rietha "poekje", que usou um selo postcrossing.
Ontem à noite, este e mais 2 ou 3 postais, sofreram um acidente. Felizmente, não houve grandes estragos, apenas a parte de trás deste, ficou com a tinta esborratada.

Esta é uma ponte em Kaluga, uma cidade russa a 93 km's de Moscovo. O postal foi enviado pela Maria "crex crex".
Foto: Rick Schafer

Este postal é muito bonito mas eu já o tinha. Felizmente o 1º postal está em branco e vou poder usá-lo numa futura troca. Este foi enviado pela Cynthia "flaggazer".

O postal mostra parte da Cordilheira das Cascatas no estado do Oregon.

sexta-feira, 23 de março de 2012

RR Alternativo - Fevereiro (II)

Segundo bloco de postais do RR Alternativo de Fevereiro, com postais da Rússia, Bielorrúsia, Canadá, EUA e Finlândia.


A Catedral de Santo Isaac é mais sumptuosa e grandiosa das igrejas de São Petersburgo. A sua construção iniciou-se em 1818 e acabou em 1858. Na decoração da Catedral de Santo Isaac empregaram-se 43 tipos de minerais, entre os quais granito, mármore, malaquita, lápis-lazuli e ouro.

Actualmente esta catedral é um museu.

O postal foi enviado pela Sveta "nedzumi_hime".

O Sergey "augoor" enviou-me um postal de Minsk com a estátua de Adam Mickiewicz, um dos maiores poetas e escritos polacos. Nasceu em 1798 e morreu em 1855.


© The Postcard Factory
Winnipeg é a capital e a maior cidade da província canadiana de Manitoba. Neste postal enviado pela Rose "phuleshouse", podemos ver o Edifício Legislativo da província, onde se reune a Assembleia Legislativa de Manitoba. O edifício foi construído em estilo neo-clássico entre 1913 e 1920.

© 1996 Fred Herschmann


E agora icebergs no Alasca, mais concretamente icebergs do glaciar Columbia, que se localiza na baía do Príncipe Guilherme na costa sul do estado do Alasca. É um dos glaciares com maior velocidade de fluxo em todo mundo, e encontra-se em recuo desde inícios da década de 1980.

O postal foi enviado pela Naomi "nhigh".

© Kuvaporssi Oy


Termino este post com o postal enviado pela Johanna "marnie", um belo pôr-do-sol algures na Finlândia.