segunda-feira, 28 de março de 2011

Postais da Alemanha

E já que falamos na Alemanha, é já para a semana que vou para lá. Faltam 10 dias!!!

Foi de lá que vieram estes 3 postais enviados pela Juliane "lucyp21". A troca era de 2 postais mas ela enviou mais um para compensar o facto de não me poder enviar os postais que escolhi inicialmente.

Hannover é a capital e a maior cidade do estado da Baixa Saxónia, na Alemanha. É conhecida mundialmente por ser a cidade-natal dos Scorpions.

O edifício da Câmara Municipal demorou 20 anos a ser construído e foi inaugurado em 1913.

Wolfsburg também é uma cidade da Baixa Saxónia. Foi fundada em 1938 por Hitler para ser a morada dos trabalhadores da então pequena fábrica da Volkswagen.

Por ser uma cidade recente, Wolfsburg dispõe de pouquíssimas atracções históricas, sendo uma delas o Castelo Wolfsburg, construído durante o Renascimento, por volta de 1575 e que hoje em dia acolhe exposições de arte.

Por último, este postal de Bremen com a estátua erigida em 1951, em homenagem ao conto Os Músicos de Bremen, um conto escrito pelos irmãos Grimm.

"Nesta história, um burro, um cão, uma gato e um galo, maltratados pelos seus donos, abandonam-nos e decidem ir para Bremen, uma cidade onde conhecerão a liberdade.

No caminho para Bremen, vêem luz numa casa; espreitam dentro e vêem quatro ladrões desfrutando do produto de seu roubo. Apoiados nas costas uns dos outros, decidem cantar, na esperança de serem alimentados. A sua 'música' tem um efeito inesperado: os homens fogem, não sabendo a origem de tão estranho som. Os animais tomam posse da casa, comem uma boa refeição, e deitam-se para dormir.

Durante a noite, os ladrões regressam e um deles entra na casa para investigar. Ao ver os olhos do gato brilhando no escuro, pensa que sejam brasas e inclina-se para acender a sua vela. Numa rápida sucessão de acontecimentos, o gato arranha-lhe a cara, o burro dá-lhe um coice, o cão morde-lhe e o galo afugenta-o porta fora, cacarejando. O homem diz aos seus companheiros que foi atacado por monstros: uma bruxa horrível que o arranhou com as suas enormes unhas (o gato), um gigante que lhe deu uma paulada (o burro), e pior de tudo - um juiz que gritou aos seus ouvidos "Peguem esse patife"(o galo). Os ladrões abandonam a casa às estranhas criaturas que dela se apossaram, onde os animais vivem felizes até ao final dos seus dias." - in: wikipédia

sexta-feira, 25 de março de 2011

Lagoa Verde - Bolívia

Este postal foi enviado da Finlândia pela Helena "pihka", mas esta bonita lagoa verde situa-se na Bolívia. Acho que se percebe por que também era um dos meus favoritos.

Laguna Verde é um lago salgado no sudoeste do altiplano da Bolívia, no departamento de Potosí, perto da fronteira com o Chile.

A cor esverdeada é causada por sedimentos que comtêm minerais de cobre. Situa-se a 4,300 m acima do nível do mar.

Favoritos de Espanha

O melhor de Espanha são os seus monumentos que dão bonitos postais.... :D Estes postais, enviados pela Sónia "soniasadin" são dois bons exemplos. O 1º é do Mosteiro de Yuso na comunidade de La Rioja e o 2º é de Navarra e mostra o Castelo de Javier.


Quando estive em Madrid comprei um postal deste mosteiro, só que é bem mais velhinho e não tão bonito. Comprei-o porque se tratava de um local unesco que faltava na minha colecção.

O Real Mosteiro de San Millán de Yuso situa-se na vila de San Millán de la Cogolla, na comunidade de La Rioja.

O Mosteiro de Yuso foi mandado construir em 1053 pelo rei Garcia III de Navarra, em estilo românico, como correspondia à época. Foi demolido na íntegra e reconstruído no século XVI, em estilo herreriano, dos séculos XVII e XVIII.

A história da sua fundação está ligada a uma lenda baseada num milagre de São Milhão, um jovem pastor que tornou ermitão. O santo faleceu em 574 e os seus discípulos enterram-no na sua gruta. Ali perto fundou-se o primeiro mosteiro, o de San Millán de Suso.

O rei Garcia era muito devoto de São Milhão. Depois de fundar o Mosteiro de Santa Maria a Real de Nájera, em Nájera, cidade que era Corte do reino, quis levar para ali os restos mortais do Santo. Os restos do Santo foram colocados num carro de bois e seguiram. Quando chegaram perto do rio, os bois pararam e já não quiseram voltar a andar; não houve forma de obrigá-los. O rei e toda a comitiva acharam que aquilo era um milagre, que São Milhão queria continuar enterrado naquelas terras. Foi então que o rei mandou construir o recente mosteiro, ao qual se chamou Yuso ("em baixo"), em contraposição com o de "em cima" (Suso).

Os Mosteiros de Yuso e Suso são Património Mundial da Humanidade em 1997.

O Castelo de Javier, construído no século X, localiza-se no município de Javier em Navarra, a 52 quilómetros leste de Pamplona.

Neste castelo nasceu e viveu São Francisco Xavier, filho dos senhores Javier, de onde tomou o seu apelido. Por essa razão, é o destino de uma concorrida peregrinação anual, em inícios de Março, em homenagem do santo padroeiro de Navarra, chamada popularmente de "Javierada".

quarta-feira, 23 de março de 2011

Igreja da Ressurreição, S. Petersburgo - Rússia

Este postal da Igreja da Ressurreição era um dos meus favoritos, percebe-se porquê, não percebe? Foi enviado pela Alena. 

Os trabalhos de construção desta igreja começaram em 1883, durante o reinado de Alexandre III, no mesmo local onde o seu pai, Alexandre II foi assassinado 2 anos antes. A construção terminou em 1907.
Durante o governo do partido comunista russo, a igreja foi usada como armazém de batatas, decorações de teatro e outros materiais. A igreja foi de tal maneira neglicenciada que a sua reparação e restauração durou 27 anos, mais e que a própria construção.
No interior da igreja, ao lado da saída, encontram-se algumas fotos que mostram o estado em que se encontrava antes da restauração.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Liubliana - Eslovénia

Como já disse antes, já estive em Liubliana, isso foi no dia 1 de Janeiro de 2007 e foi exactamente na zona que mostram estes postais, que andei. O 1º postal era um dos meus favoritos e foi enviado pela Minna. O 2º foi recebido apenas uns dias depois de ter estado na cidade, ou seja, é um postal recebido em 2007. Já o tinha postado aqui mas achei que fazia sentido juntá-lo a este novo postal.

Este postal mostra o castelo visto desde as Três Pontes. A estrutura base desta ponte é uma ponte em arco ao centro à qual foram acrescentadas duas pontes pedonais.

Esta é uma vista mais aproximada do mesmo local do postal anterior que inclui o monumento a France Preseren, o poeta romântico mais conhecido do país.

Monteriggioni - Itália

Agora um dos meus favoritos de Itália, enviado pela Gosia.

Monteriggioni é uma cidade com 8.701 habitantes na província de Siena, na região da Toscana.
Esta cidade medieval completamente muralhada, foi construída no século XIII pelos senhores de Siena.
Excepto por alguma obra realizada no século XVI, fez-se muito pouco pelas muralhas e pelos seus edifícios, mas apesar disso encontram-se muito bem conservados, fazendo deles um exemplo em toda a Itália. Não admira que atraia muitos turistas, arquitectos, historiadores medievais e arqueólogos.

As muralhas, com o total de 570 metros, foram construídas entre 1213 e 1219, seguindo os contornos naturais da colina onde se situa a cidade.
Existem quatorze torres de base quadrada colocadas as distâncias iguais entre si e ainda duas portas.

Vale Jiuzhaigou - China

Era suposto só receber um postal deste vale mas acabei por receber dois. Combinei a troca com a/o Scaret ainda em 2010 mas até ao início deste mês ainda não tinha chegado. Como era um postal que realmente queria receber, enviei-lhe u2u e disse-lhe que o postal se devia ter perdido. Ela (vou partir do princípio que é uma ela) disse que o tinha enviado em Dezembro mas passados quase três meses, prontificou-se a reenviá-lo.
Dois ou três dias depois de termos falado, chegou o tal postal mas entretanto ela já tinha enviado o 2º postal, que chegou poucos dias depois. Agora, tenho dois, e felizmente diferentes.

O Vale Jiuzhaigou é Património Mundial da Humanidade desde 1992.
Ocupa mais de 72.000 hectares na parte norte da província de Sichuan. Lá existe uma grande variedade de ecossistemas de florestas, uma vez que as montanhas à sua volta alcançam, por vezes, uma altura de mais de 4.800 metros.
As suas soberbas paisagens são especialmente interessantes pelos seus cársticos cónicos e estreitos e quedas de água espectaculares. Cerca de 140 espécies de pássaros habitam o vale, como várias plantas e espécies animais em extinção, inclusive o panda gigante e o takin de Sichuan.

sábado, 19 de março de 2011

Mais um postal do Michigan

Há tempos a Ashley pediu um postal da Sé da Guarda e depois de ver os postais que ela tinha para troca, escolhi este.


"Michigan é um dos 50 estados dos EUA, localizado na região centro-oeste do país.
Um dos cognomes mais conhecidos de Michigan é The Great Lakes State - O Estado dos Grandes Lagos. De fato, Michigan limita-se com quatro dos cinco Grandes Lagos.
Michigan pode ser dividido em duas áreas distintas - a Península Superior e a Península Inferior, conectadas entre si apenas pela Ponte Mackinac, uma ponte de oito kms de comprimento. Outro cognome de Michigan é The Wolverine State - O Estado Glutão. Durante os primórdios da colonização europeia na região, caçadores e comerciantes de peles caçaram e comercializaram com indígenas da região grandes quantidades de peles de glutão. Outro cognome menos conhecido de Michigan é Water Wonderland, por causa de seus vários lagos e rios." -in: wikipédia

quinta-feira, 17 de março de 2011

US-1029250

E agora um oficial dos EUA, mais propriamente de Washington, DC.

US-1029250, enviado pela Twanda.
"O National Mall (em português: Passeio Nacional) é um amplo espaço a céu aberto compreendido entre o Capitólio e o Monumento de Washington, no centro administrativo de Washington, D.C.

O National Mall possui o formato de uma longa praça constituída de jardins, chafarizes, árvores e monumentos. No entanto, o termo comumente inclui algumas áreas pertencentes ao West Potomac Park e muitas vezes é utilizado para referir a toda a área entre o Capitólio e o Lincoln Memorial.

Foi adicionado a lista do Registro nacional de Lugares Históricos em 15 de Outubro de 1966." -in: wikipédia

DE-852342

Este oficial da Alemanha veio escrito em português, isto porque foi enviado por uma brasileira.

DE-852342, enviado pela Beatriz.
O postal é de Mettingen, uma cidade no distrito de Steinfurt, na Renânia do Norte-Vestfália, e mostra as igrejas locais.

NL-580073

Hoje estou muito triste e nem os três postais que recebi me animaram :( Mas pronto, é a vida.


NL-580073, enviado pela Sílvia.
Drenthe é uma das doze pronvíncias da Holanda. Situa-se no nordeste do país e a capital é Assen.
Diz a Sílvia que é uma província muito calma, com muitos moinhos e quintas, aliás, a agricultura é um dos principais empregadores.
A província é conhecida como a Província do Ciclismo e possui centenas de km's de ciclovias.

quarta-feira, 16 de março de 2011

FI-1014574

E agora, um daqueles postais sem muito para dizer. Veio da Finlândia.


FI-1014574, enviado pela Merja.
Estas florinhas chamam-se Trollius europaeus.

RU-345055

E depois dos postais do Emerich, seguem-se os oficiais que chegaram nos últimos dias. Um dos últimos a chegar foi este da Rússia, com o rio Katun nas Montanhas Altai. As Montanhas Altai são um local Unesco desde 1998.

RU-345055, enviado pela Tanya.
O Katun é o principal rio destas Montanhas. Tem 688 km's e a sua nascente situa-se a 2000 metros de altura no sul das montanhas Altai.
Durante Novembro e Abril às águas do rio congelam em determinadas zonas. Durante o verão é navegável e é muito procurado pelos amantes do rafting.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Vulcão dos Capelinhos

Não faço ideia de como o Emerich conseguiu estes postais, estes e mais uns poucos, todos fantásticos. Já tinha um outro do Vulcão dos Capelinhos mas estes são uma verdadeira maravilha. São uma edição conjunta da C. M. da Horta, da Secretaria Regional da Ambiente e Direcção Regional do Turismo.
"Inserido no complexo vulcânico do Capelo, na Ponta dos Capelinhos, foi este o último vulcão com erupção, em 1957, sendo as suas consequências ainda hoje bem visíveis, uma delas o aumento do próprio território em cerca de 2,50km2 com a solidificação da lava que ficou acima do nível do mar.
A paisagem difere de toda a restante, e da própria imagem verdejante do Arquipélago Açoriano: aqui nota-se uma estranha beleza árida e vulcânica, que demonstra a todo o instante a grande força da natureza.
Este Vulcão foi único no mundo das Ciências Vulcanológicas, por ter sido fotografado, observado, estudado e interpretado desde o início até ao adormecimento. A actividade vulcânica manteve-se por 13 meses, iniciando-se a 27 de Setembro de 1957 e extinguindo-se somente a 24 de Outubro de 2008, no que se supõe ter sido uma sobreposição de duas erupções distintas, ocorrendo mais de duzentos abalos sísmicos antes de o vulcão entrar em erupção.
Este facto foi muito prejudicial para o próprio desenvolvimento da Ilha, levando à forte emigração neste período e nos seguintes, mormente nas regiões do Capelo e Praia do Norte, onde campos de cultivo e pasto e habitações foram destruídas. A maioria da população emigrou, então, para os Estados Unidos da América, dado um protocolo de cooperação para com os refugiados.


Do Farol dos Capelinhos, onde se iniciou a erupção vulcânica, tem-se um belo panorama sobre toda a extensão do vulcão e a sua rara beleza. Aqui está agora o Centro Interpretativo que melhor explica este fenómeno e sua história, albergando uma ampla sala que simboliza uma erupção vulcânica, bem como outros espaços com exposições fixas e itinerantes sobre vulcanismo, e um auditório com capacidade para 60 pessoas.
A escalada ao Vulcão é um dos passeios mais deslumbrantes e únicos da Ilha do Faial, apresentando contudo algumas dificuldades e perigos, existindo para o efeito percursos predefinidos e serviços de guia oficiais." - in
: http://www.guiadacidade.pt/portugal/poi/18842/47/vulcao-dos-capelinhos

Vulcão Kilauea - Havai

Como gosto de vulcões este foi um dos primeiros postais que escolhi quando o Emerich me sugeriu outra troca. Mas não foi o único....

O Kilauea é um dos maiores vulcões do planeta e um dos cinco que formam a ilha do Havai, juntamente com o Mauna Kea, Mauna Loa, Hualalai e Kohala. Situa-se no sul da ilha, no Parque Nacional de Vulcões, tem uma altura de 1111 metros, a caldeira mede 165 metros de profundidade e um diâmetro de 3 a 5 km's.

Os nativos consideram este vulcão a casa de Pelé, a deusa do fogo.

É considerado o vulcão mais activo do mundo.

sábado, 12 de março de 2011

Postais da Polónia

E depois dos postais da Rep. Checa enviados pelo Emerich, seguem-se os da Polónia. Estes são das cidades de Zamosc e Gdansk e o último é das montanhas Karkonosze.

A Praça do Mercado em Zamosc é uma das maiores praças na Europa e data do século XVI. Em cada um dos lados da praça existem oito casas com arcadas que foram usadas como lojas e adegas. Estas casas estão decoradas com frisos, fachadas falsas, relevos e frescos. Cada uma delas tem a sua própria história e nome. As cinco que estão no postal são as mais decoradas e são conhecidas por Wilczka, Rudomicza, Pod Anołem, Szafirowa, Pod Madonną.

Até ao século XVI, a Fortaleza Wisłoujście serviu como farol. Também teve um papel importante na defesa do país graças aos seus 40 canhões e mais tarde também foi uma prisão.

Este é o lago Wielki Staw nas montanhas Karkonosze, no oeste da Polónia, no Parque Nacional Karkonosze.

Orlické Hory - Rep. Checa

Este bonito postal também é da Rep. Checa, mais propriamente das Montanhas Orlické. É mais um postal enviado pelo Emerich.

As Montanhas Orlické são uma cordilheira localizada no nordeste da região da Boémia. Seguem a fronteira com a Polónia por 40 kms.

sexta-feira, 11 de março de 2011

Třeboň - Rep. Checa

Mais três postais da Rep. Checa, também enviados pelo Emerich. Estes aqui são de Třeboň, uma vila histórica na região da Boémia do Sul com um centro histórico muito bem preservado .

A Praça Masaryk, é o centro desta vila medieval. Esta praça ladeada por casas barrocas e renascentistas, é uma das mais bonitas praças da região. As estruturas arquitectónicas mais significantes na praça são a Câmara Municipal que data do século XVI e uma fonte renascentista de pedra no centro da praça.
O aspecto actual da praça data do século XVI, época em que começou a florescer na área a actividade da piscicultura.

Não parece mas isto é um jazigo, o jazigo neogótico da família Schwarzenberg. É um dos monumentos arquitectónicos mais interessantes da Boémia do Sul.

A família Schwarzenberg começou a governar a região de Trebom em 1660. A ideia de construir um jazigo familar partiu de Eleanor Schwarzenberg, a mulher de Jan Adolf Schwarzenberg II. F.D. Dewortzky construiu-o entre 1874 e 1877. É um edifício Neogótico com seis lados, com uma torre e uma escadaria dubla.

Debaixo do jazigo existe um sofisticado sistema de drenagem para evitar danos causados pela água e humidade, uma vez que a parte inferior do edifício está sob a superfície do lago Svet.

A história de Trebon está intimamente ligada à piscicultura e a localidade está rodeada por um sistema único de viveiros de peixe e canais artificais. Este conjunto de viveiros e canais está na lista de candidatos a Património Mundial da Unesco.
O maior complexo de viveiros do país situa-se aqui, na Bacia de Trebon, classificada como Reserva da Biosfera pela Unesco.A maioria dos viveiros foi construída no século XVI pelos Rozmberks, uma importante família nobre. Actualmente existem 460 viveiros, que são usados para criar peixes de água doce, especialmente carpa.
Os viveiros de Trebon e a paisagem envolvente abrigam também várias espécies ameaçadas de flora e fauna.

Catedrais checas

Volto aos postais enviados pelo Emerich e desta vez com três catedrais, a primeira em Praga, a segunda em Brno e a última em České Budějovice.

A catedral gótica, cujo nome original é Catedral de S. Vito, S. Venceslau e S. Adalberto, é a maior e a mais importante da Rep. Checa. É a sede do arcebispo de Praga e o local onde estão sepultados os santos, reis, princípes e imperadores da Morávia.
As coroações dos reis da Boémia foram feitas aqui até 1836.

A Catedral de S. Pedro e Paulo situa-se na colina Petrov no centro de Brno.
É um monumento cultural nacional e um dos monumentos arquitectónicos do Sul da Morávia. O seu interior é maioritariamente Barroco, enquanto que as torres de 84 metros de altura, construídas entre 1904-1905 por August Kirstein, são em estilo Neogótico.

A Catedral de São Nicolau em České Budějovice, foi construída no século XIII, reconstruída em 1649 e tornada catedral em 1784.

Třebíč - Rep. Checa

Aqui está mais um postal de um local unesco, o único que me faltava da Rep. Checa. Foi enviado pela Mirna "pierresurleciel" da Croácia.
A história de Třebíč está ligada à fundação de um mosteiro benedictino em 1101. Graças à sua localização junto às margens do rio Jihlava e à generosidade dos fundadores, a cidade tornou-se num importante centro da vida religiosa e académica.
Actualmente é importante centro económico, administrativo, político e cultural do sudoeste da região Morávia.


A cidade foi em tempo o centro da cultura judaica na Morávia. O bairro judeu, excepcionalmente conservado, foi testemunho da convivência de judeus e cristãos nesta cidade, desde a época medieval até ao século XX..
O bairro judeu e a Basílica de S. Procópio, foram inscritos na lista do Património Mundial da Unesco em 2003.

Domica & Bratislava

Estes também são postais enviados pelo Emerich. O 1º, como se pode ver, é de um local unesco novo, uma gruta que faz parte do local Grutas kársticas de Aggtelek e do karst eslovaco, na lista do Património Mundial desde 1995.
Os outros dois postais são da capital eslovaca, Bratislava.

Este local unesco é partilhado pela Eslováquia e pela Hungria.
A gruta Domica, descoberta em 1926, é a maior do karst eslovaco e situa-se no sul do país. Desde 1932, 1,600 dos 5,140 metros estão abertos ao público.

A Igreja de Stª Isabel da Hungria, também conhecida como Igreja Azul, é um templo de estilo “art nouveau”. O edifício foi desenhado pelo arquitecto de Budapeste, Edmund Lechner, e foi construído no princípio do século XX. A igreja foi consagrada em Outubro de 1913.

O arruinado e recentemente renovado Castelo de Devin está em Devin, nos arredores de Bratislava, no cume de uma rocha, onde o rio Morava, que constitui a fronteira entre a Áustria e a Eslováquia, desagua no Danúbio.
É um dos lugares arqueológicos eslovacos mais importantes, e contém um museu dedicado a sua história.
Foi destruído pelas tropas de Napoleão em 1809.
É um símbolo importante da história da Eslováquia e dos eslavos.